desenho-gestual

Estudando desenho gestual

Algumas notas sobre Arte Slide

Março pra mim começou com um tsunami de compromissos. E de repente, com essa pandemia, aqui estou em casa, praticando a recomendação de distanciamento social e aproveitando para estudar desenho gestual – entre outras coisas – para melhorar a qualidade técnica dos meus desenhos.

Já compartilhei um post com alguns canais no youtube para estudar e aprender desenho. No post de hoje resolvi trazer mais algumas dicas e contar um pouco sobre a minha história/experiência com desenho.

desenho-gestual
Desenhando cada pose em apenas alguns segundos

Eu sempre tive muito interesse pelo meio artístico e isso me levou a uma formação em design de interiores, onde eu tive meu primeiro contato REAL com desenho e acabei descobrindo que eu “não era boa” nisso. Na época eu nem tinha aptidão natural para o desenho (algumas pessoas tem) e nem me esforçava muito (a prática faz a perfeição), além de que meu professor de desenho nessa época também não era muito de explicar o que eu devia fazer – ou como eu deveria usar – os 300 diferentes materiais de desenho que ele pediu na lista de materiais.

Eu fiz alguns desenhos à mão nessa época porque fui obrigada, e então arquivei os materiais e segui para a computação gráfica, fazendo maquetes 3D e desenhos em CAD. Até que mudei pra São Paulo (eu morava em Belém – PA) e no meu curso de pós-graduação me deparei novamente com a dificuldade de desenhar. E dessa vez foi pior porque parecia que todo mundo na minha turma dominava o desenho… menos eu. São Paulo era uma maravilha com ofertas de cursos na área artística, além de palestras e workshops e eu comecei a tentar participar de tudo o que eu conseguia. Foi quando iniciei um curso livre de pintura com lápis de cor e comecei a entender outras questões sobre desenho com as quais eu nunca havia me deparado antes.

Quando eu comecei a praticar desenho gestual

Mas só quando eu estava já morando em Brasília (mais ou menos em 2014) foi que comecei a levar a prática do desenho tradicional a sério. Tenho muita dificuldade com auto-controle e geralmente eu mais começo coisas do que termino. Muita dificuldade em continuar MESMO. Mas nessa época eu usei o livro “desenhando com o lado direito do cérebro” para recomeçar a estudar e nunca mais parei definitivamente (tive já alguns períodos de longas pausas na prática e de ter que relembrar como fazer várias coisas) porque logo depois eu entrei no curso de Artes Visuais e aí o que eu não havia conseguido aprender em ANOS eu aprendi em meses.

No curso de Artes Visuais eu aprendi várias coisas nas aulas, mas até agora acho que o meu maior aprendizado mesmo veios dos meus colegas, de livros e de praticar sozinha. Meus colegas no curso tem traços de desenho variados, utilizam materiais variados, alguns não desenham nada (mas fazem outro tipo de produção artística) e em tudo isso eu descobri um mundo de possibilidades. Entrei em contato com desenho digital, colagem, pintura, costura…

desenho-gestual

Falando em desenho gestual…

Agora focando o post em desenho gestual, ou gesture drawing, que é basicamente capturar a essência de um objeto ou pessoa em um desenho. Você pode jogar esse termo no google e pesquisar mais sobre isso, mas em resumo, a prática ajuda a melhorar o traço do desenho, melhorar proporção e ajuda no auto-conhecimento do processo individual de cada um. Em uma disciplina na Universidade chamada desenho 1, um modelo ficava no meio da sala, sem roupa, e fazia várias poses que começavam em 15 segundos e iam aumentando gradativamente, até chegar na última pose de 20 minutos. Essas poses de poucos segundos é que possibilitam esses garranchos que você pode ver nas fotos que ilustram esse post.

Atualmente eu estou usando alguns sites (mais abaixo segue a lista) que possuem bancos de imagens boas para desenho gestual e permitem o uso automático de temporizador para cada foto/pose. Estou tentando praticar quase todos os dias – quando não dá, não dá – mas desde que comecei a estudar desenho gestual a sério eu senti muita melhora nos desenhos mais longos e agora tenho mais facilidade para reproduzir certas poses já de cabeça. Fazer esses desenhos rápidos deixa a minha mão mais leve e a minha percepção mais aguçada.

Listinha dos sites para praticar desenho gestual:

  • https://quickposes.com/en
  • http://senshistock.com/sketch.php
  • https://line-of-action.com/
  • https://figurosity.com/

Coloquei todos os que eu conheço porque você pode testar para descobrir de qual gosta mais. Eu comecei utilizando o quickposes, mas sentia falta de alguns outros recursos nele.

Os desenhos que coloquei nesse post foram os primeiros que fiz esse ano, depois de vários meses sem tocar direito no lápis e a minha ideia é continuar praticando e poder compartilhar a minha evolução em um post futuro.

Eu geralmente uso apenas lápis grafite para fazer os desenhos, mas às vezes testo outros materiais (gosto muito de treinar com pastel seco e canetinha/marcadores)

Dúvidas ou sugestões? Deixa um comentário aqui em baixo! 🙂

Beijos e até o próximo post!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply