Browsing Category

Fotografia

auto-retrato-com-espelho

Another day

Fotografia
auto-retrato-com-espelho

Na última semana eu fiquei muito ocupada com trabalho e não consegui me organizar direito para publicar os posts aqui no blog. Eu tive horas livres, é claro, mas tive um bloqueio criativo e as ideias para a montagem dos posts simplesmente não fluíram.

Então eu decidi fazer coisas diferentes para me manter inspirada e comecei um projeto que estava engavetado há um tempão, por hobbie mesmo. Agora acrescentei mais uma coisa para as zilhões de outras tarefas que eu já tenho, mas estou fazendo tudo no meu próprio tempo e consegui equilibrar bastante a pressão que eu costumo colocar em mim mesma para ser produtiva.

auto-retrato-com-espelho

Errei na edição das fotografias

E para o post de hoje separei algumas fotografias que fiz no mês de Abril, já nesse período de isolamento social. Minha ideia com essas fotos era fazer um experimento com o reflexo do espelho e brinquei um pouco com a imagem distorcida e com o conceito de perfeição, como nos vemos, como as pessoas nos veem…

Usei essas fotos para estudar tratamento de pele com separação de frequência na edição no photoshop, e não sei onde eu errei, mas as fotos ficaram muito esquisitas. Aí eu levei as fotos já inicialmente tratadas para o celular e finalizei a edição com o VSCO, que é onde geralmente edito as minhas fotos em série, porque assim como no lightroom, no VSCO dá para copiar todo o tratamento utilizado em uma foto e colar nas outras.

Ainda não aprendi a mexer direito no lightroom, mas quero muito entender como o programa funciona porque agora eu tenho um monitor grande e um computador bom, então é uma delícia editar as fotografias nessa máquina.

auto-retrato-com-espelho
Alguma coisa ficou errada na minha tentativa de tratar a pele com separação de frequência no photoshop nessas fotografias

Apenas outro dia

Enquanto eu escrevia esse post, começou a tocar “another day” do Paul MacCartney, e eu achei que tinha tudo a ver com o que eu queria expressar com esse post, além do tema fotografia. Tem sido exatamente isso, não é? Apenas outro dia, um dia após o outro, menos um dia, mais um dia.

Every day she takes a morning bath she wets her hair

Wraps a towel around her as she’s heading for the bedroom chair

It’s just another day

At the office where the papers grow she takes a break

Drinks another coffe and she finds it hard to stay awake

It’s just another day

Another day – Paul McCartney

Eu sinto que me acostumei com o isolamento, porém, nos momentos em que vejo alguma notícia ou começo a pensar no que realmente está acontecendo, surge um leve pânico e eu fico um pouco (muito) perdida. Daí preciso respirar, meditar e seguir o dia como se tudo estivesse normal. Não está fácil para ninguém e para algumas pessoas está ainda pior, então estou me esforçando para ser mais grata do que consumida pelo desespero.

auto-retrato-com-espelho
auto-retrato-com-espelho
auto-retrato-com-espelho

Espero que esteja tudo bem com vocês! Quando eu descobrir onde eu errei na separação de frequência, faço um post tutorial 🙂

Um beijo e até o próximo post!

detalhes-decor-home-office

Detalhes da decoração do home-office

Fotografia Slide

Enquanto eu escrevia o post que programei para publicar hoje, entre um pomodoro e outro, senti uma vontade enorme de fotografar detalhes da decoração do meu home-office / ateliê, então resolvi trocar o tema de hoje para esses registros das coisas que mais tem me inspirado aqui em casa.

Pela primeira vez eu consegui montar uma decoração apenas com as coisas que eu já tenho e ficar realmente satisfeita em estar nesse ambiente todos os dias. Desentoquei livros do armário, presentes de aniversário que eu amo, cd’s antigos e misturei com as minhas ferramentas de trabalho atuais: tintas, ferragens, telas, papel e etc.

Eu coleciono os personagens de Peanuts e gosto que eles façam parte da decoração
Essa não é a melhor maneira de guardar os pincéis, mas eu gosto que eles fiquem bem fáceis de pegar sempre que eu preciso e ainda não tenho um estojo adequado
Para decorar aqui, utilizei uma gravura e sua respectiva matriz feita em acrílico por mim em 2017

Cada coisa no seu lugar

Eventualmente eu vou acabar mudando tudo de lugar porque enjoo da decoração com muita facilidade, mas por enquanto estou amando poder olhar para todas essas coisas e ter tudo no seu devido lugar, com algumas das minhas ferramentas ao alcance das minhas mãos sempre que preciso.

O próximo post (que eu pretendia publicar hoje) tem várias ideias e dicas de organização e decoração que me ajudaram a produzir tanto o meu home-office quanto a minha cômoda e mesinha lateral do quarto de dormir (já postei alguns stories lá no meu instagram). Resolvi criar uma série de posts com essas dicas e ele será o primeiro dessa série. Enquanto isso, espero que essas fotografias possam servir de inspiração.

Os livros que eu já li ou que não consulto com frequência deixei por baixo
Minhas revistas favoritas de design <3

Não esqueça de seguir o blog no Bloglovin!

Registros de um sábado em setembro

Fotografia Travel

Depois de cinco meses incrivelmente corridos, finalmente consegui me organizar para escrever um post novo. O wordpress está diferente, meu espaço em disco aparentemente está menor e eu mesma sinto como se fosse outra pessoa, mas encontrei essas fotografias lindas de uma viagem de fim de semana que fiz no mês passado e acho um crime deixar elas guardadas em uma pasta mofada no meu computador.

fotografia-estrada-pirenopolis
fotografia-estrada-pirenopolis
fotografia-estrada-pirenopolis
fotografia-arvore-isolada-na-estrada
fotografia-estrada-empoeirada

Fiz uma viagem de um dia para Pirenópolis, o famoso bate-e-volta. Dessa vez eu conheci a cachoeira Paraíso, que é bem pequena se comparada com a cachoeira do Abade. No dia que eu fui estava bastante lotada e acabei gostando mais da viagem na estrada do que de estar na cachoeira em si.

Sobre as fotografias, aparentemente o meu estilo fotográfico sempre envolve eu mesma, coisas e paisagens. Ah, e os meus cachorros, obviamente. Eu queria conseguir me interessar mais por fazer fotos de pessoas, mas em todas as vezes que tentei até agora as fotos não ficaram boas.

De qualquer forma, estou mais amiga da minha lente 50mm e continuo feliz – mais de um ano depois – de ter investido meu dinheiro em uma câmera boa.

fotografia-estrada-de-terra
fotografia-pinturas-no-restaurante
placas-de-sinalizacao-na-cachoeira
cachoeira-paraiso-pirenopolis

Antes de voltar a atualizar o blog com frequência eu preciso de fazer uma limpeza nos posts antigos para liberar mais espaço no servidor de hospedagem. Sempre fiz posts com muitas fotografias e muitas delas não tem mais utilidade nenhuma em continuar aqui no blog, especialmente as dos posts desatualizados. Mas preciso organizar o meu tempo para isso (talvez negligenciar alguma série no meu tempo livre?!). Mas gosto tanto desse espaço que vou fazer isso o mais breve possível.

por-do-sol-na-estrada
cavalinho-ao-por-do-sol
cavalinho-ao-por-do-sol
por-do-sol-nublado
por-do-sol-nublado

Beijos e até o próximo!

Decor-interiores-detalhes

Droplets

Fotografia

Novembro chegou pra mim em um estilo bem férias de verão de filme da sessão da tarde, mesmo com as chuvas diárias e o clima um pouco mais frio. Eu tive que cumprir muitas responsabilidades nas últimas semanas e estava preocupada com muitas coisas mas gradativamente consegui ir finalizando tudo e quase sem perceber cheguei nesse ponto onde há muito tempo eu não ficava livre de tanta ansiedade. É espetacular essa sensação de não precisar estar correndo e de poder me dedicar pra coisas que eu fiquei adiando todo esse tempo porque não eram exatamente ~prioridades~.

Então eu separei nada mais que 70 cursos no skillshare (!), livros, séries, filmes da minha lista da Netflix…e algum tempo para alguma atividade física (porque eu não acho que os três andares de escada que eu subo e desço todos os dias são suficientes lol). Não é que eu realmente vou ter tempo ou disposição pra aproveitar todas as minhas opções, mas eu preciso sentir que tenho variedades de coisas pra escolher.

Comecei fazendo um curso de fotografia básica para câmeras DSLR. Eu já havia feito uma matéria obrigatória de fotografia no curso de artes visuais, mas nesse momento eu nem tinha uma câmera e, embora eu tenha entendido os conceitos todos na teoria, quando eu finalmente consegui comprar uma câmera em Junho desse ano, eu descobri que sabia pouco ou quase nada na prática. Desde então eu já estava lendo, vendo vídeos no YouTube e procurando me adaptar com a câmera nova, mas tudo com muita dificuldade e agora, depois desse curso que me ocupou apenas algumas horas da tarde já contando com os exercícios práticos, eu sinto que eu sei alguma coisa.

Sempre gostei muito de fotografia mas é um Hobbie caro e eu tive um acesso bem tardio. Então entender a teoria agora e conseguir fotografar sabendo o que eu estou fazendo, eu considero uma enorme conquista pessoal. Ainda vou demorar um pouco para conseguir trocar a lente do kit, mas descobri que existe todo um mercado de aluguel de lentes, então possivelmente eu vou conseguir experimentar uma lentes melhores em breve, espero.

As fotos desse post são todas minhas e se não estiverem tão boas em qualidade eu vou culpar a minha preguiça porque editei tudo usando o app VSCO e estou escrevendo esse post em um iPad (no computador as fotografias sempre têm outra aparência). Mas eu não me importo tanto porque acho que é preciso estar sempre aberta para novas experimentações e perfeccionismo costuma me atrapalhar mais do que me ajuda.

Recentemente eu descobri um canal no YouTube, da Sorelle Amore, que me proporcionou uma injeção de segurança com relação a fazer auto-retrato. Por mais narcisista que isso seja eu preciso admitir que meu assunto preferido pra fotografia sempre foi eu mesma. Mas eu comecei a sentir um pouco e vergonha de postar ou mostrar as minhas fotos por mais bonitas e legais que eu achasse que elas tinham ficado, por não querer ser julgada. E depois de conhecer o trabalho magnífico da Sorelle eu comecei a perceber que não tem absolutamente nada de errado com o assunto das minhas fotografias. Eu sentia vergonha pelo fato de ser eu mesma me fotografando, soa como uma coisa solitária, não sei explicar. Mas aqui estamos com mais um obstáculo invisível e completamente desnecessário sendo ultrapassado.

A verdade é que a minha energia criativa voltou com tudo depois do #inktober e se tudo der certo, meus infinitos projetos, não só de entretenimento e estudo, vão sair do campo imaginário. Enquanto isso, vou registrando tudo por aqui, com infinitas fotografias (me aguentem! Lol).

Beijos e até mais 🙂

museu-nacional-da-republica

Fotografias do museu nacional

Fotografia

museu-nacional-da-republica

Esse semestre eu estou cursando uma disciplina de fotografia e resolvi começar a compartilhar algumas das fotos que tenho feito aqui porque eu acho que são capturas muito bonitas (modéstia à parte haha). Nesse post estão as fotografias do Museu Nacional da República – projeto do arquiteto Oscar Niemeyer – e o objetivo era “brincar” com o construtivismo na fotografia, isso é, produzir imagens com bastante contraste, jogo de luz e sombra e com formas e texturas que evoquem outros elementos, além do objeto fotografado em si. Eu não editei as fotos, nem sequer cortei (as que aparecem em preto e branco foram feitas com essa opção de filtro da câmera), mas estava fazendo um dia lindo e não havia nenhuma nuvem sequer nesse clássico céu azul de brasília…

museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica museu-nacional-da-republica

Beijos e até o próximo!