Browsing Tag

desenho

desenho-gestual

Estudando desenho gestual

Algumas notas sobre Arte Slide

Março pra mim começou com um tsunami de compromissos. E de repente, com essa pandemia, aqui estou em casa, praticando a recomendação de distanciamento social e aproveitando para estudar desenho gestual – entre outras coisas – para melhorar a qualidade técnica dos meus desenhos.

Já compartilhei um post com alguns canais no youtube para estudar e aprender desenho. No post de hoje resolvi trazer mais algumas dicas e contar um pouco sobre a minha história/experiência com desenho.

desenho-gestual
Desenhando cada pose em apenas alguns segundos

Eu sempre tive muito interesse pelo meio artístico e isso me levou a uma formação em design de interiores, onde eu tive meu primeiro contato REAL com desenho e acabei descobrindo que eu “não era boa” nisso. Na época eu nem tinha aptidão natural para o desenho (algumas pessoas tem) e nem me esforçava muito (a prática faz a perfeição), além de que meu professor de desenho nessa época também não era muito de explicar o que eu devia fazer – ou como eu deveria usar – os 300 diferentes materiais de desenho que ele pediu na lista de materiais.

Eu fiz alguns desenhos à mão nessa época porque fui obrigada, e então arquivei os materiais e segui para a computação gráfica, fazendo maquetes 3D e desenhos em CAD. Até que mudei pra São Paulo (eu morava em Belém – PA) e no meu curso de pós-graduação me deparei novamente com a dificuldade de desenhar. E dessa vez foi pior porque parecia que todo mundo na minha turma dominava o desenho… menos eu. São Paulo era uma maravilha com ofertas de cursos na área artística, além de palestras e workshops e eu comecei a tentar participar de tudo o que eu conseguia. Foi quando iniciei um curso livre de pintura com lápis de cor e comecei a entender outras questões sobre desenho com as quais eu nunca havia me deparado antes.

Quando eu comecei a praticar desenho gestual

Mas só quando eu estava já morando em Brasília (mais ou menos em 2014) foi que comecei a levar a prática do desenho tradicional a sério. Tenho muita dificuldade com auto-controle e geralmente eu mais começo coisas do que termino. Muita dificuldade em continuar MESMO. Mas nessa época eu usei o livro “desenhando com o lado direito do cérebro” para recomeçar a estudar e nunca mais parei definitivamente (tive já alguns períodos de longas pausas na prática e de ter que relembrar como fazer várias coisas) porque logo depois eu entrei no curso de Artes Visuais e aí o que eu não havia conseguido aprender em ANOS eu aprendi em meses.

No curso de Artes Visuais eu aprendi várias coisas nas aulas, mas até agora acho que o meu maior aprendizado mesmo veios dos meus colegas, de livros e de praticar sozinha. Meus colegas no curso tem traços de desenho variados, utilizam materiais variados, alguns não desenham nada (mas fazem outro tipo de produção artística) e em tudo isso eu descobri um mundo de possibilidades. Entrei em contato com desenho digital, colagem, pintura, costura…

desenho-gestual

Falando em desenho gestual…

Agora focando o post em desenho gestual, ou gesture drawing, que é basicamente capturar a essência de um objeto ou pessoa em um desenho. Você pode jogar esse termo no google e pesquisar mais sobre isso, mas em resumo, a prática ajuda a melhorar o traço do desenho, melhorar proporção e ajuda no auto-conhecimento do processo individual de cada um. Em uma disciplina na Universidade chamada desenho 1, um modelo ficava no meio da sala, sem roupa, e fazia várias poses que começavam em 15 segundos e iam aumentando gradativamente, até chegar na última pose de 20 minutos. Essas poses de poucos segundos é que possibilitam esses garranchos que você pode ver nas fotos que ilustram esse post.

Atualmente eu estou usando alguns sites (mais abaixo segue a lista) que possuem bancos de imagens boas para desenho gestual e permitem o uso automático de temporizador para cada foto/pose. Estou tentando praticar quase todos os dias – quando não dá, não dá – mas desde que comecei a estudar desenho gestual a sério eu senti muita melhora nos desenhos mais longos e agora tenho mais facilidade para reproduzir certas poses já de cabeça. Fazer esses desenhos rápidos deixa a minha mão mais leve e a minha percepção mais aguçada.

Listinha dos sites para praticar desenho gestual:

  • https://quickposes.com/en
  • http://senshistock.com/sketch.php
  • https://line-of-action.com/
  • https://figurosity.com/

Coloquei todos os que eu conheço porque você pode testar para descobrir de qual gosta mais. Eu comecei utilizando o quickposes, mas sentia falta de alguns outros recursos nele.

Os desenhos que coloquei nesse post foram os primeiros que fiz esse ano, depois de vários meses sem tocar direito no lápis e a minha ideia é continuar praticando e poder compartilhar a minha evolução em um post futuro.

Eu geralmente uso apenas lápis grafite para fazer os desenhos, mas às vezes testo outros materiais (gosto muito de treinar com pastel seco e canetinha/marcadores)

Dúvidas ou sugestões? Deixa um comentário aqui em baixo! 🙂

Beijos e até o próximo post!

sketchbook-de-artistas

Sketchbooks inspiradores

Arte

No post de hoje eu resolvi trazer um hábito inspirador e saudável que eu adquiri meio sem querer nos últimos meses, mas que me acrescentou muito e de forma positiva: olhar sketchbooks no youtube. Pra quem nunca ouviu falar, sketchbook é um caderno, geralmente pequeno, que costuma ser levado para todos os lugares e é usado para fazer rascunhos, desenhos aleatórios e estudos. Particularmente, o que eu mais gosto nesses vídeos – observando os desenhos alheios – é ter ideias novas para os meus próprios desenhos e descobrir técnicas novas e novos materiais, além de conhecer novos artistas.

Eu sempre andei com uma caderneta de anotações, mas nos últimos tempos tenho feito as anotações no aplicativo keep. Só que para desenhar no celular é bem mais complicado e exige mais recursos (como uma caneta touch, por exemplo) e como no ano passado eu ganhei um sketchbook de presente de aniversário do Casa Park, comecei a preencher meu primeiro caderno de desenho depois de adulta. Qualquer dia desses eu faço um vídeo nesse estilo lá no meu canal, mas enquanto isso a gente fica com alguns dos meus preferidos:




E por último, um vídeo que ensina uma técnica de encadernação para você fazer o seu próprio 🙂

Não esquece de deixar um comentário contando qual o eu preferido (pode ser algum fora desse post também, só deixar um link!).

Beijos e até o próximo!