Browsing Tag

interior design

colagem-thyeme-polaroid

New blog layout

Diário

A felicidade de estar com um layout novo aqui no blog é ENORME. Decidi compartilhar algumas imagens de alguns layouts que já usei aqui porque gosto muito de relembrar como as coisas se transformam e já são quase 6 anos compartilhando histórias nesse cantinho da internet.

blog-opiniao-da-designer-layout-antigo

A primeira logo que eu criei para o blog era uma casinha de bolinhas verde

blog-opiniao-da-designer-layout-antigo

E esse layout? Eu estava bem perdida no design gráfico hahaha

Awn, esse é o que mais se aproxima do último layout, que eu usei por um bom tempo...

Awn, esse é o que mais se aproxima do último layout, que eu usei por um bom tempo…

A história do blog

Eu lembro como se fosse ontem o dia em que eu resolvi criar um blog para ser complemento do meu trabalho de design de interiores. Isso foi em Junho de 2012 e eu estava morando sozinha em São Paulo, criando coragem para pedir demissão do escritório de arquitetura em que eu trabalhava. Nem acredito em quanta coisa na minha vida (e aqui) mudou desde então. Sempre gostei de internet e criei um blog no exato momento em que descobri que isso existia, em uma época em que eu precisava ir até uma lan house para conseguir escrever posts. O primeiro layout legal que eu tive foi em 2006 e era para um blog bem estilo diário, onde basicamente só os meus amigos entravam para ler sobre bobagens da minha vida e conversar comigo através dos comentários (que saudade disso!). Um amigo da escola que sabia mexer em código html me cobrou R$10,00 (hahaha) para fazer algumas modificações, como deixar o ponteiro do mouse com o efeito de uma vela de aniversário que lembra fogos de artifício…e eu adorava tanto isso.

Mais ou menos nesse período eu comecei a sentir um pouco de vergonha de ter um blog por causa do que alguns amigos pensavam sobre isso. Eu ouvia comentários do tipo “ai ai Thyeme só você mesmo” e começava a me sentir muito boba. Além do mais, nenhum dos meus amigos tinha blog ou demonstrava interesse em ter um, então eu acabava me sentindo um pouco anormal.  Abandonei.

Voltei a escrever. Abandonei novamente.

opiniao-da-designer-layout

Ainda gosto desse layout e até tentei manter o novo parecido, mudando só as coisas que eu acredito que vão ficar mais interessantes e legais para se ver em um blog

E aqui estou em Maio de 2018, descobrindo que as mesmas questões que me causaram vergonha tantos anos atrás ainda me afligem. A diferença é que agora eu tenho noção de que todas as coisas “idiotas” que eu gostava ou que eu já fiz foram fundamentais na construção da pessoa que eu sou agora. E não adianta me importar tanto com o que outras pessoas pensam sobre mim se eu acreditar no que eu estou fazendo (mesmo que no futuro eu pense que tenha sido algo idiota). Essa insegurança é que é idiota.

Eu sinto que as coisas andam muito corridas e muito superficiais e, ao mesmo tempo, me estressa essa exigência de ser ~uma pessoa profunda~. Então depois de muita reflexão, eu decidi que preciso começar a fazer as coisas do jeito que eu quero, do jeito que eu acredito, sem sofrimento por estar errando aqui e ali. Por isso mudei o layout e estou investindo nas minhas novas ideias, afinal, aqui é o espaço onde eu mais tenho me expressado ao longo dos anos.

Foto principal: trecho da música “cornerstone” do Arctic Monkeys.

Decoração inspirada em clipes: 1,2,3,4 The plain white t’s

Uncategorized

Esse é o clipe:

Essa é a letra:

1, 2, 1, 2, 3, 4
Give me more love than I’ve ever had,
Make it all better when I’m feeling sad,
Tell me that I’m special even when I know I’m not.
Make it feel good when I hurt so bad,
Barely gettin’ mad,
I’m so glad I found you.
I love being around you.
You make it easy,
As easy as 1, 2… 1, 2, 3, 4.
There’s only 1 thing,
2 do, 3 words,
4 you.
I love you (I love you)
There’s only 1 way,
2 say those 3 words
That’s what I’ll do.
I love you (I love you)
Give me more love from the very start,
Piece me back together when I fall apart,
Tell me things you never even tell your closest friends.
Make it feel good when I hurt so bad,
Best that I’ve had,
I’m so glad I found you.
I love being around you.
You make it easy,
As easy as 1, 2… 1, 2, 3, 4.
There’s only 1 thing,
2 do, 3 words,
4 you.
I love you (I love you)
There’s only 1 way,
2 say those 3 words
That’s what I’ll do.
I love you (I love you)
I love you (I love you)
You make it easy,
As easy as 1, 2… 1, 2, 3, 4.
There’s only 1 thing,
2 do, 3 words,
4 you.
I love you (I love you)
There’s only 1 way,
2 say those 3 words
That’s what I’ll do.
I love you (I love you)
I love you (I love you)
1, 2, 3, 4
I love you (I love you)
I love you (I love you)

Essa era a imagem do clipe (não consegui em boa qualidade, desculpem :/):

The plain white t's clipeE esse foi o resultado: 

Set inspirado no clipe 1,2,3,4

assinatura blog

O quarto da Jess em New girl

Uncategorized

QUARTO DA JESS

A série é estrelada por Zooey Deschanel como Jessica “Jess” Day, uma garota esquisita e adorável que descobre que o namorado a traí e por isso precisa arrumar um novo lugar para morar. Ela acaba arrumando um lugar onde moram três homens: Nick, um barman; Schmidt, um conquistador profissional, e Winston, um jogador de basquete. Completam este grupo improvável a esperta amiga modelo de Jess, Cece. Juntos, os amigos tentam ajudar Jess a aprender sobre o amor, a vida e principalmente sobre si mesma, enquanto ao mesmo tempo, eles aprendem mais sobre si mesmos. (Wikipedia)

O quarto da Jess ( New girl)

Esse quarto tem uma atmosfera bem legal, a começar porque a decoração foi adequada direitinho com a arquitetura do prédio. A impressão que dá, é que não houve reforma quando ela chegou nesse apartamento (no quarto), apenas a decoração foi mechida e foi feita seguindo o padrão arquitetônico já estabelecido ali.

O quarto da Jess ( New girl)

Encontramos concreto aparente, tijolinho e pintura azul sem textura.

O quarto da Jess ( New girl)

Na decoração temos muita estampa floral (no caso da colcha de cama: flores em um fundo escuro), quadros no estilo mais simples possível, arrumados “desajeitadamente” sobre a cabeceira da cama, dois criados-mudos (um diferente do outro) na lateral da cama, cortina branca de tecido fininho na janela, estante baixinha de ferro para os livros e tapete de palha (esse não tenho certeza ?!).
Reparem que as flores estão presentes até mesmo na base do abajur maior *_*
O quarto tem um ótimo espaço para circulação, notem como os móveis estão bem espaçados…Adorei o espelho com base de chão e a porta de correr do closet (!)

O quarto da Jess ( New girl)
O quarto da Jess ( New girl)
O quarto da Jess ( New girl)
A imagem acima pertence ao blog Lovely Undergrad (que sempre tem posts sobre a decoração das séries de TV) e mostra objetos parecidos aos usados no quarto da série.
Mais posts sobre esse quarto aqui lovely undergrad e aqui Chá com cupcakes.
Vejo vocês no próximo post Smiley piscando

assinatura blog

Mistura de estampas…pode?

Uncategorized

Quarto estampado
No post de hoje, gostaria de comentar alguns detalhes muito interessantes no quarto da imagem acima. Para começar, separei a paleta de cores dele, que segue abaixo:

paleta de cores semana 24 de setembro 2012

O que mais me encantou foi a harmonia das estampas. Reparem que há uma mistura de listras e quadriculados de cores, tamanhos e desenhos diferentes e ainda assim o ambiente não ficou visualmente carregado. Para ser bem sincera, acho isso uma combinação bem trabalhosa de se conseguir. O detalhe de árvore na parede não é coisa de outro mundo e pode ser feito com…papel compact (!). Faça um desenho parecido na costa do papel, recorte e em seguida cole. Use papéis diferentes! E para quem não está acostumado com papel compact, esse post (clique) vai te ajudar a ver como é fácil.
Você pode usar esses ganchos (facílimos de pregar na parede) para prender fotos, calendários etc. Repare que nesse quarto, as flores da árvore serviram de mural.
Esse edredom marrom com patchwork florido é incrivelmente bonito. Não consegui encontrar nenhum parecido para indicar aqui, mas vou continuar procurando e posto em um update. É também possível encomendar com uma boa costureira, você pode comprar um edredom marrom ou em outro tom escuro e pedir que ela costure as flores em patchwork como na imagem…

  • Observem que em um lado da cama há um criado-mudo, de certa forma comum, com gavetinha, abajur em cima e espaço para uns poucos livros. Mas do outro lado da cama há uma espécie de aparador, da mesma cor do criado-mudo e apenas uns 20 ou 25 cm de altura maior que a cama. Uma espécie de criado-mudo tamanho gigante, onde dá para colocar uma série de outras coisas ( ideal para quem curte fazer multitarefas na cama).
  • Outro detalhe muito legal é a escadinha que virou revisteiro ( perto da porta de vidro). É uma forma bem útil de utilizar uma escada que não é usada em sua função mais importante com muita frequência (mas vamos comprar umas escadas bonitinhas né gente!)
  • O tapete de sisal ( ou alguma outra fibra natural) destaca mais ainda o charme dessa decoração com tema de natureza estampada. Quem tem interesse em comprar um tapete assim precisa dar uma olhadinha nesse post da revista linha ecológica.

Finalizando o post e respondendo a pergunta do título “Mistura de estampas…pode?”

Pode!!
Mas use com carinho e cuidado 🙂

assinatura blog

Aprenda como arrumar sua cama

Uncategorized
Com certeza você já viu algum quarto que te deixou maravilhado seja em uma foto, num filme, em um hotel… preste atenção em um detalhe, que muitas vezes passa despercebido: a arrumação da cama. Não é todo mundo que tem o hábito de arrumar a cama sempre e o método apresentado nesse post exige um pouco mais de tempo. Mas leia o post e lembre que você pode querer fazer isso num quarto de hóspedes (belíssimo cartão de visitas hein!), ou em numa ocasião especial (atenção casais!). Mesmo que sua cama não fique assim sempre, em algum momento da vida isso será útil e não vai se arrepender, acredite!

como arrumar a cama (2)

Para começar, vamos entender quais são as “roupas” necessárias para vestir bem uma cama:

cama-perfeita1

  • Os travesseiros de pluma costumam ser um pouco mais caros, mas valem pela qualidade. As almofadas na cama, costumam ser mais decorativas mesmo e você pode ter quantas quiser, desde que elas não ocupem toda a cama, ou pode ter rolinhos. É interessante ter protetor de travesseiro sob as fronhas, isso ajuda a conservá-los por mais tempo. As colchas costumam ter porta-travesseiros, que são úteis tanto só pela decoração, como para usar na hora de ficar encostado mesmo, para ler, assistir televisão e etc.
  • O lençol de baixo deve ter elástico em toda a sua volta e deverá ficar por cima do protetor de colchão, que é tão importante ou até mais que os protetores de travesseiro.
  • No caso de lugares quentes, o lençol de cima será o penúltimo item( o último seria a peseira), sendo indicado usar uma colcha bem bonita…
  • …já nos lugares mais frios, o lençol de cima ficará em cima do lençol de baixo e abaixo de uma colcha ou edredom.
  • Como citado no ítem anterior, a colcha ou edredom será o item de mais destaque entre as roupas da cama, ficando abaixo somente da peseira e do duvet ou manta ( se tiver).
  • A peseira é um item decorativo, e todos deveriam usá-lo, mesmo nos lugares mais quentes e nas decorações mais simples, é um dos itens que mais dão charme.
  • O duvet ou a manta, serão usados nos lugares mais frios. Falando de região, seria o sul do Brasil. Ficam lindos também, mas nos lugares quentes nem pensar!
Entendeu o que é cada um? Mais ou menos? Assista o vídeo abaixo e veja o passo a passo:

  • Lembrando que é muito importante ter as medidas do colchão (e da cama, no caso de cama box) na hora de comprar a roupa de cama. Tenha em mãos o comprimento, a largura e a altura.
  • Lembre-se também que produtos feitos com algodão, tem a tendência de encolher em até 10% (esta é uma característica natural do algodão), então não compre produtos nesse material na medida exata!
  • Infelizmente, as roupas de cama nem sempre tem um tamanho padrão devido a quantidade de fabricantes diferentes, portanto, preste atenção nas medidas desses produtos de menor preço, a diferença pode não estar na qualidade, mas nas medidas!
  • Em cama box, É OBRIGATÓRIO USAR SAIA (Clique para ver a imagem).
  • Para quem ainda tem dúvidas sobre a vira: Ela deve ter no mínimo 65 cm de comprimento quando dobrada sobre a colcha e deve ficar com um espaço de aproximadamente 50 cm da cabeceira ( espaço onde ficarão os travesseiros).
  • Os travesseiros maiores devem ficar atrás ( mais próximos da cabeceira) e os menores devem ficar mais à frente.

BeFunky_VintageColors_4

Aqui nesse post (clique) você vai encontrar algumas ideias de como pode arrumar os travesseiros na cama.
E para você que gostaria de ter uma cama arrumada sempre mas não tem paciência, vai uma curiosidade: Designers criam cama que se arruma sozinha!
E você pode começar suas compras por aqui:

  1. Trousseau
  2. Trussardi
  3. Portal Marlene
  4. Tecdec
  5. Silvia Heringer

E aí o que vocês acharam…vale a pena?
(fontes: Faz fácil , Bossame)

assinatura blog

O quarto de Casey e Ashleigh em Greek

Uncategorized

Esse pot vai para a minha série preferida: Greek. É a minha preferida por uma série de fatores, portanto, não estranhem a nostalgia exalando por trás das minhas palavras (*_*). 33af7e9 Para quem não está situado com as personagens, trata-se de duas garotas que estão na faculdade e pertecem a uma irmandade — a ZBZ. Elas são amigas desde quando eram calouras. Ambas gostam bastante de pink e são bastante ligadas em moda, principalmente Ashleigh. Esse quarto nunca foi o meu preferido da tv, mas enquanto eu fazia o post, deu para observar várias coisas legais para ter como ideia de decoração… casey bedroom O quarto é um dos mais disputados que eu já vi na televisão. Apesar de ser dividido por duas pessoas, há bastante espaço nele ( e notem que as duas camas são de casal!). As camas são divididas por uma única cômoda, que tem um pôster bem vintade emoldurado em cima. Elas tem uma palavra “dream” em cima da cômoda usada como enfeite, provavelmente de madeira. Além disso, reparem no abajur branquinho (!) que coisa mais fofa… casey bedroom04casey bedroom03casey bedroom05 Agora observem o assento estofado mais querido deste blog… tem no quarto delas e nem sequer é embutido (!) e reparem que como o colchãozinho fica sobre a marcenaria (que é grudada na parede), a cortina é mais curta em toda a extensão do assento, mesmo que no restante do quarto ela seja comprida. Fiquei me perguntando como é possível que todas as roupas delas caibam em apenas duas cômodas, mas… Bom, vocês sabem o quanto eu não gosto de pink nas cortinas, mas nesse quarto eu impliquei mais com a colcha de cama da Casey do que com as cortinas. Penso que elas se encaixaram nesse ambiente, até porque elas tem um tom de rosa bem clarinho. casey bedroom02casey bedroom08 Nessa parte do quarto, a circulação foi bem valorizada. É o espaço de entrada, que por ficar um pouco vazio, faz com que o quarto pareça maior do que realmente é. Adorei a tv pequenininha em cima da cômoda e o abajur ao lado dela ( apesar de que acho humanamente impossível elas enxergarem alguma coisa nessa tv na distância em que as camas estão…). casey bedroom10 O espelho fica atrás da porta. Essa economia de espaço nem era necessária, mas ficou legal. Adorei a cadeirinha branca com estofado quadriculado rosinha ( fácil de fazer hein). E acima da cadeira, bem ao lado da porta, um espaço para pendurar casacos. A propósito, achei um pouco perigoso uma cadeira logo ao lado da porta, eu me bateria com muita facilidade. Na mesa de estudos, outra luminária, com cúpula branca e base pink ( adorei o modelo, mas eu mudaria as cores com certeza, preferível o que está no criado-mudo da Ashleigh, verdinho…). O mural delas é bem simples, pronto ser usado com tachinhas. E a escrivaninha é fofa, mesmo com toda a simplicidade. Observem que o mobiliário inteiro é da mesma linha de estilo. casey bedroom06 Um quarto tão personalizado assim só poderia causar inveja… =O casey bedroom07 casey bedroom09 Caso vocês queiram usar um tapete assim como o delas, no meio do quarto, sem nenhuma ponta por baixo de algum móvel mais pesado, usem algum tipo de fita dupla face para grudar no chão ( por questão de segurança, isso é muito importante). Olha como o quarto fica mais bonito sem a colcha pink da Casey (minha opinião e sugestão gente!O pink não está totalmente proibido não hehe). S_Grammer-Greek02hd-DL tumblr_l0k4zb0jDk1qbwg27o1_500 Aqui no blog Lovely undergrad, vocês vão encontrar uma imagem com exemplos dos ítens do quarto, para quem quiser comprar parecidos. Se gostaram, fiquem com um vídeo que eu encontrei no youtube, mostrando várias cenas das duas amigas mais incríveis dessa série (:~) e vejam o quarto em todos os ângulos:

Recicle: E transforme um carretel em estante!

Uncategorized

Madrugada de insônia e resolvi ler alguns artigos do meu leitor de feeds que há muito eu estava procrastinando…uma coisa leva a outra e acabei parando em um blog MUITO LEGAL. E nesse blog tem um post ensinando a transformar um carretel nessa estande de livros fofa: spoolbookcase3 Os materiais necessários são:

  • Um pequeno carretel de cabos
  • buchas de madeira
  • 3-4 rodízios (rodas giratórias)
  • cola de moldagem
  • Serra
  • Fita de medição (trena)
  • Pintar
  • Broca e parafusos

No post, ela menciona que esses carretéis podem ter uma variedade de tamanhos, sendo o de menor tamanho o que foi transformado, e que eles são usados para cabos de eletricidade, logo, é possível conseguir um destes com algum eletricista… COMEÇANDO:

  1. Pinte o carretel e as buchas (neste caso, foi utilizada uma tinta branca com o primer já misturado). Ela sugere que seja pintado com apenas duas camadas, já que ela testou com 4 e não gostou do resultado, que destacou as falhas de um jeito ruim.
  2. Depois que a tinta estiver seca, vire o carretel e posicione os rodízios onde quiser ( pode-se usar 3 rodas ou 4, mas neste caso usou-se 4)
  3. Meça a altura entre a parte superior e inferior do carretel, pois esse será o tamanho que as buchas de madeira deverão ter. Com a serra, corte de 5 a 6 buchas.
  4. Usando cola de moldagem, posicione e coloque os pinos sobre um pé separado e mantenha no lugar enquanto eles secam.

Aqui está o post original. Cliquem no link e encontrarão todas as imagens demonstrativas, lá o post está em inglês e aqui o tutorial foi apenas traduzido. Fora isso, vale a pena fuçar o blog dela, garanto que vocês encontrarão ideias de como transformar coisas que provavelmente tem em casa. E então amantes de leitura, gostaram? assinatura blog

O quarto de Jenna Hamilton- Awkward

Uncategorized

Awkward Senti amor à primeira vista quando vi a foto desse quarto. A verdade é que, da mesma forma que no post da terça-feira da semana passada (Os quartos de Pretty Little Liars ),eu nunca assisti essa série, que se chama Awkward. Acabei baixando o primeiro episódio só para conseguir entender melhor o layout do quarto…e acaba sendo mais uma que eu vou começar a acompanhar 🙂 O que me chamou mesmo atenção foi essa mistura da cama azul com a parede amarela *_* Que coisa linda gente! Mais uma fonte de inspiração para mim e para vocês. Digo isso por tratar-se de um quarto simples. Às vezes a gente tem tanta coisa legal em casa que não aproveitamos de um modo bonito por falta de saber como fazer ou por não saber onde colocar… breve pretendo fazer alguns posts voltados para layouts. Pois bem, comece inspirando-se com a paleta de cores desse quarto. Em seguida, observe os passarinhos na parede de cabeceira, lembraram?: Quarto da Serena e quarto da Stefanie. ( Que tal a gente aprender isso com um tutorial?? hmm…Eba!) Esse quarto é bem vintage e bem adolescente. Os criados-mudos estão abarrotados de coisas e ela pendura bijuterias na cabeceira ( eu fazia isso no meu guarda-roupas e ficava bem gracinha). Ela emoldurou dois desenhos de estilismo que talvez ela mesma tenha feito e grudou outros cartazes bem aleatoriamente na outra parede, o tipo de bagunça que eu sempre falo e vocês já conhecem, QUE FICA LINDO! Não consegui identificar se essa abertura é uma porta que vai para uma sacada ou se é uma janela, mas deu para ver que tem uma persiana branca e por cima ainda tem mais uma cortina azul ( que parece ser de um tecido mais “encorpado” ) e sob ela tem uma cortina branquinha ( que parece ser de um tecido bem levinho). Eu achei proteção em excesso para um mesmo ambiente, mas… A escrivaninha. Espaços de trabalho são o meu xodó. Adorei a bancada de trabalho dela sobre dois cavaletes, lembra muito um projetinho que eu fiz. Fica bem legal e não sai caro (!). Quanto ao mural dela…eu realmente não gosto. Acho que funciona para algumas pessoas, mas para mim, é muita informação visual. Pode até ser bem misturado assim, mas em uma quantidade menor. Vejo esse detalhe como um ponto a se pensar, ja que um mural assim no seu campo de visão nos momentos em que você precisa ter concentração em alguma coisa pode muito facilmente servir como distração. Sem falar que ficaria enjoativo bastante rápido. Pensem nisso. Nessa última imagem eu senti uma diferença sutil e ainda assim óbvia no quarto. O pisca-pisca na parede de cabeceira foi substituido por duas arandelas bem lindinhas ( mas eu achava o pisca-pisca bem mais “cool”). Senti falta da peseira da cama (?!). E os quadros mudaram de lugar, bem como os cartazes colados. Os colares sumiram da cabeceira da cama e os dois criados-mudos estão com pouquíssimas coisas sobre eles. Não sei se vocês conseguem sentir a diferença da primeira imagem para essa última imagem, mas os detalhes que foram substituídos fizeram MUITA diferença. A sensação mudou. Nessa última imagem você tem um quarto mais adulto enquanto na primeira imagem há um quarto bem mais adolescente e, por consequência, mais alegre. Opinião dada e inspiração publicada. Agora é com vocês!: ) (Fonte: http://www.depoisdosquinze.com/2012/09/04/ja-assistiu-o-seriado-awkward/) assinatura blog

Por favor, sente-se!

Uncategorized

O post de hoje é curtinho. Na verdade, o que eu queria destacar com as imagens, são ideias para espaços de leitura (principalmente). É muito simples montar um espaço assim, com assentos embutidos e, tenho certeza que quem investe em um ambiente desse tipo, não se arrepende. E nem precisa ser um espaço muito grande não, sabe aquele cantinho que aparentemente nada cabe? Talvez essa seja a solução! Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos As 3 imagens abaixo foram achados pelos quais eu morro de admiração. São um pouco diferentes das imagens acima porque se tratam de ambientes menos “encolhidos”. No entanto, um encanto… Assentos embutidos Assentos embutidos Assentos embutidos assinatura blog

Como surgiu o criado-mudo?

Algumas notas sobre

“Nightstand”, “night table”, “bedside table” ou ‘”bed table”. Ou traduzindo: a mesa de cabeceira, termo em que o criado-mudo é conhecido fora do Brasil. Aparentemente, o criado-mudo surgiu com uma função completamente diferente da que possui hoje em dia. Quando os nossos antepassados europeus sentiam necessidades fisiológicas no meio da noite, eles utilizavam um penico.

Os lords e Ladys mais modestos e de bom gosto dessa época, começaram a desejar uma forma de esconder esses recipientes que eram tão necessários e assim surgiram as primeiras mesas de cabeceira, que eram mais armário do que mesa, com portas sólidas para que se mantivessem bem fechados. O primeiro nome conhecido dado a esse item foi mesa de cabeceira, em 1892. Dito isso, tornou-se prático ter escovas, perfumes e candelabros ao lado da cama, na mesa de cabeceira dos tempos elizabetanos aos vitorianos e chegando nos nossos dias. E em cada uma dessas fases, a mesa de cabeceira refletiu o design vigente de sua respectiva época.

Mesmo com a necessidade de usar penicos e escondê-los tendo sido extinta, a mesa de cabeceira permaneceu sendo utilizada e apesar de não ter mais uma função TÃO necessária quanto antigamente, ela continua sendo um ítem indispensável para a maioria das pessoas e não apenas por decoração. Quem costuma ler antes de dormir sabe bem o quanto é válido ter um abajur ou uma luminária logo ao lado da cama e também ter um espaço para colocar o livro em cima, sem precisar levantar. Sem falar nas mesinhas que tem gavetas, que muitas vezes é onde colocamos alguns dos nossos “segredos”.

Tá, mas de onde surgiu o termo “criado-mudo”?

O nome vem da nossa herança escravocrata e denominava o escravo que passava a noite tomando conta do menino de engenho ou do filho do rico explorador de café. Ali, sentado ao lado da cama e pronto com um copo d’água numa mão, para um soluço inesperado, e um lenço de cambraia na outra, para um espirro alérgico ou uma tosse tuberculosa. A mesa de cabeceira serve como auxiliador, portando objetos os quais não se pretende carregar. Tal função também era cumprida por mordomos e criados entre pessoas ricas. Por ser um objeto inanimado e ter utilidade prática equivalente à de um mordomo, passou a ser chamado de criado-mudo.

         criado mudo tradicional abertocriado-mudo tradicional

(Fontes: Nightstand, American history, Bedside cabinets, Bedroom furniture, Wiki criado-mudo, história criado-mudo)

A nossa seção “Recicle” dessa semana, vai na verdade ser uma série de imagens com ideias de criado-mudo desde os tradicionais até os mais alternativos.  Portanto, use a imaginação e transforme!

Seguem as imagens abaixo:

amb14-casa cor

amb19-casa cor

criado mudo na marcenaria

criado mudo na marcenaria2

criado mudo prateleira

 criado mudo redondo criado mudo tradicional banquinho como criado-mudo

                cadeira como criado mudo cadeira como criado mudo chão como criado mudo

criado mudo

       criado-mudo-caixoteescada como criado mudo         mala como criado mudo 2 pufe como criado mudo

mala como criado mudo

   livros como criado mudo tambor como criado mudo