Browsing Category

Uncategorized

Novidades da Maison & objet 2015

Uncategorized
feira_maison_et_objet_paris_05 Papel de parede Punchinello, Cole & Son

Quem trabalha na área criativa sabe que é preciso sempre se manter atualizado com as novas tendências e com o que está sendo criado mundo afora, não é mesmo? Por aqui, estou sempre de olho nas mostras de decoração e nos eventos de construção que acontecem todo ano em São Paulo. Por que não ficar de olho também no que está acontecendo fora do Brasil? É o caso do post de hoje, com algumas coisas legais sobre a Maison&Objet – uma das maiores feiras de decoração de Paris – que foi apresentada em Janeiro desse ano e contou com mais de 3.000 expositores de todo o mundo!

Com a proposta “Fazer” três frentes foram sugeridas: natureza, homem e tecnologia. Seguindo essas abordagens, podemos observar três tendências que encontraremos nas lojas esse ano:

ARTES MANUAISMaisonObjetArtesanato
Na Maison, o artesanato reinou em forma de lã trançada com motivos étnicos, vasos de cerâmica brutos e cestaria de fibras naturais.Com o aumento do consumo e da produção em massa, o trabalho detalhado dos artesãos ganha um valor ainda maior. O forte valor é ligado ao trabalho manual, que nos faz retornar aquilo que é único e tradicional.

ELEMENTOS NATURAISMaisonObjetNatureza
A natureza apareceu na Maison em forma de flores, plantas, borboletas e pássaros. A madeira bruta e fibras naturais também marcaram presença na feira.

TENDÊNCIA DE CORESMaisonObjetCores
A valorização dos tons de rosa e verde pistache estarão em alta nas próximas estações. Porém, a temporada primavera-verão europeia será marcada pela invasão do azul-marinho.

feira_maison_et_objet_paris_17 Louça Cosmic Diner, Seletti

design_chocolates_nendo_04 Chocolates desenvolvidos para o lounge chocolatexture

Gostaria de poder ver tudo isso de perto, mas quem sabe na próxima vez? 🙂 Esse foi um post colaborativo que fui convidada a participar pela Westwing e o objetivo é fomentar uma discussão acerca do design de interiores.

Fotos e informações: Westwing | Casa Vogue

Beijos!
Thyeme Figueiredo

Edição de Dezembro

Uncategorized

blog-pixel-edition

“De uma forma mais simples, um pixel é o menor ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de milhares de pixels formam a imagem inteira.”

Sempre que eu penso no Universo como
o espaço infinito que ele é e me dou conta do quanto eu sou apenas um ponto
insignificante eu me sinto mais humilde. Mas se isso começa a me deixar triste,
eu tento me lembrar de todas as coisas que, individualmente, também são
insignificantes na minha vida, mas que fazem toda a diferença quando a gente
olha para a “imagem inteira”. O “bom dia” animado que o porteiro me dá sempre
que eu vou levar o meu cachorro para passear pela manhã, por mais sem
importância que possa ser, contribui com o meu bom humor durante o dia. É o teto
que eu tenho pra morar, a comida que nunca falta, os amigos – que por poucos que
sejam – sempre estão aqui e ali me querendo por perto. Você não precisa acordar
todos os dias comparando a sua vida com a vida de quem é menos afortunado do que
você, mas deveria estar sempre pensando que poderia ser muito pior (porque
poderia mesmo) e aprender a apreciar o que você possui agora. Não é ser uma
pessoa pessimista, calma! É que quando você entende que não existe perfeição,
que sempre vai haver um lado ruim e que o conjunto é um grupo de elementos, é
mais fácil de gostar do que aparentemente agora não é assim tão bom. Isso também
ajuda a lidar com os problemas (que vão começar a parecer um pouco menores).
Tudo o que eu tenho/sou agora é
resultado de uma série de coisas e acontecimentos pequenos. Eu quero mais, porém
estou bem com isso. Ótimo. A questão é que mesmo quando eu dominar o planeta, em
relação ao Universo eu ainda vou ser nada. E se for outra pessoa dominando o
planeta, tanto faz, porque em relação ao Universo ela ainda será apenas um
ponto. Depende do contexto, portanto nunca é absoluto. Então eu não tenho
motivos para sentir inveja de ninguém e me sentir infeliz por não estar em outro
lugar que não seja onde estou. Motivos para tratar uma pessoa melhor do que eu
trato outra. O que eu faço é tentar usar todas as ferramentas que eu tenho (e
isso inclui o meu conhecimento) para tentar acrescentar algo de bom na
Sociedade – essa reunião de bilhões de pontinhos “insignificantes”.
Por isso eu continuo acrescentando
conteúdo nesse blog.
O Opinião da designer é um meio de
comunicação onde as pessoas podem aprender mais sobre design de interiores, como
organizar e colorir as coisas para se sentir mais confortáveis dentro de casa.
Mas não apenas isso. Podem se conectar com os meus pensamentos, as minhas
experiências e descobrir algo de interessante para si próprios nisso. Pelo menos
é esse o meu objetivo. Daí que eu decidi criar uma edição especial de final de
ano, chamada de “pixel edition”, para trazer esse conceito de ~elementos
pequenos que fazem a diferença em um conjunto~
de forma mais intensa para os
posts. Eu pensei em tudo o que eu poderia compartilhar de útil e legal e em como
eu poderia melhorar a forma de apresentar isso. Espere todo o meu amor em forma
de palavras e fotografias e se no final quiser me doar o seu feedback, apenas
faça!

ACOMPANHE  ♦
Beijos e até o próximo post!
Thyeme Figueiredo

Liberdade

Uncategorized
amor
Nos últimos meses eu precisei voltar a estudar história (para o enem), andei lendo alguns livros bem reais e tristes – como o holocausto brasileiro – e vendo alguns documentários. Isso tudo me deixou extremamente pra baixo, porque eu odeio o fato que tantas pessoas foram cruelmente privadas de sua liberdade. A chance de fazer escolhas e de cuidar de si próprio foi tirada delas. Isso tudo só porque outras pessoas achavam que tinham o direito de ditar o que era certo, e de exigir que assim fosse.
Aí eu paro e penso no quanto os meus problemas são pequenos se comparados com o que essas pessoas sofreram e no quanto eu preciso ser grata por poder mandar em mim mesma. Liberdade de me locomover, de dizer sim, de dizer não. Privilegiada de não estar em um lugar onde as mulheres são obrigadas a se casar com quem elas não querem, um lugar onde as pessoas são presas por amarem outras pessoas do mesmo sexo e onde crianças são recrutadas para um exército insano…

É uma pena, realmente uma pena que nem todos apreciem essa liberdade. Sim, porque defender um candidato a presidência que abre a boca em rede nacional incentivando a população a se unir contra essa minoria significa que você não gosta do direito de ser livre. Podia ser você nessa minoria, pode ser o seu filho, vai saber?! Assim como eleger um Bolsonaro ou um Feliciano que luta pela cura de algo que nem é doença. Que luta para que um monte de gente perca uma liberdade que ainda é tão recente e ainda mal vista.

Eu acredito (e tenho esperança) de que a mentalidade das pessoas não vai retroceder, só avançar. Cuidar do que já se tem e buscar por mais. Mesmo que ainda continuem existindo alguns tantos ignorantes poderosos, cruéis. Mas se cada um começar a entender tudo o que está envolvido quando se trata de privar alguém de liberdade, então não haverá força que destrua isso. Assim como ter a visão de que as pessoas são pessoas, que embora façam partes de grupos (religião, nacionalidade, cor e etc.), continuam sendo seres individuais e não podem ser julgadas como um todo. Simplesmente não podem. Eu quero continuar sendo livre, respondendo apenas pelos meus próprios atos. E se amanhã eu acordar, não sei, lésbica? Eu quero poder ser lésbica e beijar mulheres na praça como qualquer casal de homem/mulher pode fazer. Sem que fiquem me olhando como se eu fosse uma criminosa (ou me espanquem por isso). Se eu tiver um filho negro, eu quero que ele nunca precise ouvir uma piada sobre ser um macaco. Entre outras coisas.

Você pode dizer que preconceito é frescura, que tudo agora é considerado preconceito e que as pessoas é que estão de mimimi. Isso até o momento em que acontece com você, com alguém que você ama. Aí eu tenho certeza que os seus pensamentos sobre isso mudam. Admitir que é verdade só exige um pouquinho da sua sensibilidade e eu garanto que não dói. Ajuda a tornar o mundo um lugar melhor.

Thyeme Figueiredo

Wall decor ideas

Uncategorized
wall-decor-ideas
Wall idea: theglitterguide
wall-decor-ideas
Wall idea: Jennifer Fishers Office/
wall-decor-ideas
Wall idea: blog.sharpie
wall-decor-ideas
Wall idea: brit
wall-decor-ideas
Origem: shopruche
wall-decor-ideas
Wall idea: decoracion2
wall-decor-ideas
Wall idea: classyandcute
wall-decor-ideas
Projeto na mostra morar mais por menos
Preciso terminar de arrumar o meu home office. Concluí o básico já faz tempo, mas fiquei adiando a parte decorativa e só agora resolvi que não passa desse mês. Pesquisando, encontrei as ideias acima para a parede, mais ou menos no estilo que eu quero. A maioria das ideias tem muita informação visual, então a minha intenção é transformar a parede ao lado ou atrás da minha mesa. No início eu queria algo mais minimalista, mas durante esses meses eu percebi que gosto dessa “bagunça”, agora quero um espaço um pouco mais lúdico. Vamos ver!

I need to finish decorating my home office. I concluded the basics a long time ago, but I was postponing the decorative piece and only now I decided that this month I finish. Searching, I found the ideas above to the wall, more or less in the style I want. Most ideas have much visual information, so my intention is to transform the wall beside or behind my desk. At first I wanted something more minimalist, but during those months I realized that I like this “mess”, now I want a slightly more playful space. We will see!
Beijos | xo

Thyeme Figueiredo

PÔSTER ÁRVORE DOS DESEJOS

Uncategorized

poster-arvore-de-desejos

Esse é o novo pôster disponível na loja do opinião da designer no society6. Resolvi chamar de “árvore dos desejos”; se você reparar bem, dá pra ver que são galhos cheios de post-it! Pra você nunca esquecer que deve ter sonhos/desejos e correr atrás deles, senão sua “árvore” nunca dará frutos.
This is the new poster available in the opinião da designer store on Society6. I decided to call the “wish tree”; if you look well you can see that are branches full of post-it! To never forget that you must have dreams/desires and chasing them, otherwise your “tree” never will bear fruit.

Beijos! Xo!
Thyeme Figueiredo

PINTEREST DE OSTENTAÇÃO

Uncategorized
painel-wishlist
Noite dessas eu fiquei pensando no quanto seria legal que os meus amigos tivessem uma lista pública de coisas que gostariam de comprar/ganhar. Às vezes eu quero presentear alguém e não gosto da ideia de comprar algo que aquela pessoa provavelmente não vai usar nunca ou não se interessa tanto. Acho que é porque eu não gosto muito de acumular coisas e não tenho coragem de jogar presente fora ou doar e etc. Então quando ganho algo que eu não gosto muito, é tipo…bom, eu sei que aquilo vai ficar na minha casa, em algum lugar, ocupando um precioso espaço. E também eu não aguento mais dar xícaras/chocolate/porta-retrato de presente (pois é!).

Daí eu conversei com um amigo que cria aplicativos sobre a existência de um app desse tipo ou a possibilidade de fazer um, porque eu realmente acho que seria uma ideia legal, embora bobinha, e ele me sugeriu usar o pinterest para tal fim! Nunca tinha pensado em criar um painel só com produtos de desejo, mas de fato um board público é perfeito para isso porque dá pra linkar direto o produto. Então eu criei o meu. No meu caso, esse painel vai servir para liberar a área de favoritos do meu computador e para me iluminar sempre que eu tiver dinheiro sobrando (não que isso aconteça com muita frequência haha). E se você quiser me dar um presente…hahaha daí sempre que eu comprar algo, retiro da lista.

Cria um pra você também e compartilha um link em um lugar visível, vai que todo mundo resolve fazer um, olha que legal que seria!

Beijos!

Thyeme Figueiredo

Dúvida do leitor – quarto azul e parede listrada?

Uncategorized
“Gostaria de alguma dica para fazer no meu quarto. Ele é completamente branco com uma cortina blackout azul marinho. E nele tenho somente a cama. A opção de ter somente a cama foi minha, pois o guarda roupas fica em um closet. Pensei na cor azul, primeiramente escuro, e na parede da cabeceira usar um papel de parede com listras azul e branco. O que tu me sugeres?
Obrigado e parabéns pelo site, excelente!”
quarto-do-leitor A dúvida do leitor Marcos estava na minha caixa de entrada aguardando por um post há alguns meses, enquanto eu me organizava para escrever com bastante calma para tentar detalhar algumas coisas o máximo possível. No e-mail dele encontrei a oportunidade de explorar mais o assunto “quarto” aqui no blog, por isso agradeço o contato e espero conseguir ajudar! Preparados para um post mais longo?

O espaço e a necessidade
Bem, o quarto dele é pequeno, menos de 9 metros quadrados. Mas como ele possui um closet e não precisará de armário no quarto, esse espaço é bem razoável. Espaços pequenos não devem ficar lotados de coisas porque a sensação de encolhimento pode ser sufocante. É importante manter as coisas organizadas (ou não muito bagunçadas) e planejar bem os locais para guardar livros e outros objetos que se queira manter no quarto. Cama baú, como é o caso da dele, ajuda no que diz respeito a guardar coisas que não são utilizadas com muita frequência (do contrário não é nada prático). Outra solução é ter criado-mudo com gavetas ou nichos e estantes baixas.

A cor
Azul é uma cor muito bonita e tem uma variedade enorme de tons, sendo o azul escuro um dos mais legais para se usar no design de interiores, na minha opinião. Mas existe um conselho sobre cores escuras em espaços pequenos: não abuse! É que as cores escuras passam a sensação de proximidade, então se você pinta todas as paredes de um quarto pequeno em um tom escuro, não vai demorar a sentir que tem menos espaço do que imaginava. Não é que não possa fazer assim, mas se o objetivo for fazer parecer maior isso não será uma boa escolha. Minha dica então seria colocar as listras em azul e branco na parede de cabeceira sim (vai ficar lindo!) e deixar as outras paredes com uma cor neutra e clara – branco, bege, cinza claro são boas candidatas. Ah, as listras podem ser feitas apenas com tinta, não precisa exatamente ser papel de parede!

colagem-listras


A roupa de cama
A roupa de cama pode valorizar ou desvalorizar muito a decoração de um quarto e é preciso ter cuidado com as estampas. Na dúvida, escolha os enxovais lisos e dê preferência para tons claros.

Iluminação e cortina
Um único ponto de luz no centro do teto não é algo muito legal nem para um espaço minúsculo. Há todo um estudo e cálculo a ser feito para a distribuição correta da luz (algumas lojas especializadas em iluminação até auxiliam nesse aspecto), mas se não tiver jeito, invista em abajures ou em sancas para ter uma luz mais discreta, mesmo que só em algumas horas da noite.

Tudo bem usar um blackout. Mas pode ser que sobre ele você queira usar outra cortina mais fina, que vá até o chão, talvez. Esteticamente fica mais interessante, porque quando a janela estiver aberta e o blackout recolhido, ainda assim você terá um enfeite para a janela, por assim dizer.

Quanto à decoração…
…existe uma infinidade de ideias e vai do profissional ou da pessoa, que está fazendo tudo por conta própria, decidir o que é melhor e mais interessante de acordo com o seu próprio estilo. Nas colagens de design de interiores que crio e publico semanalmente aqui no blog, sempre tento explorar essa infinidade de idéias, logo, essa categoria pode ser um bom lugar para conseguir inspiração e fazer as suas escolhas. Pesquisar aqui ou em sites como o pinterest e outros blogs também é uma boa dica, sempre observando se essa ou aquela ideia ficaria boa no seu espaço e prática para o seu modo de viver.

Acredito ter conseguido resumir vários pontos importantes de forma direta + links e você pode comentar se tiver alguma outra dúvida ou quiser saber ainda mais sobre qualquer tópico!

Um beijo!

Thyeme Figueiredo

Arranjos florais no design de interiores

Uncategorized
arranjos-floraisAlguém aí lembra da entrevista que fiz com a designer floral Benjamina, de Londres? Desde que vi o trabalho dela mais profundamente, não consegui mais parar de prestar atenção e procurar por ideias com arranjos de flores. Em festas de casamento são indispensáveis e no design de interiores complementam paletas de cores mais neutras e ajudam a deixar o ambiente mais “vivo”.

Não sou muito fã de flores artificiais porque, pra mim, o trabalho de ter que ficar limpando é o mesmo que de cuidar de uma planta de verdade, sendo que a aparência das naturais é muito mais bonito. No entanto, só agora, com 23 anos de idade é que consegui finalmente não deixar uma planta morrer – uma violeta que ganhei há algumas semanas…daí já estou empolgada para encher a casa de flores! Pensando nisso, separei algumas ideias para inspirar. Vamos ver?

arranjos-florais-decoração arranjos-florais-decoração

arranjos-florais-decoração

arranjos-florais-decoração
arranjos-florais-decoração

arranjos-florais-decoraçãoPara saber a origem de cada imagem, basta clicar sobre as fotos!

De qual você mais gostou?
Beijos e até mais!

Thyeme Figueiredo

Shutter temático #2 – amor

Entretenimento Uncategorized
shutter
Esse post é um desafio entre blogs que tem o objetivo de incentivar o fazer artístico: o shutter temático. Vamos fazer isso sempre no último dia de cada mês e com um tema específico.
Eu passei o mês inteiro pensando em que tipo de foto eu iria tirar e no fim das contas decidi que era melhor fazer o projeto de outra forma. Eu já tiro fotos das coisas que eu amo (e que definem amor pra mim) todos os dias e sempre estou postando, então achei que ficaria meio banal, mais do mesmo. Daí surgiu a ideia de fazer uma playlist! Sim, porque todo mundo tem uma lista de músicas que lembra uma pessoa ou um momento, não é? E essa  me lembra o André.
Adoraria saber qual música define amor pra você!
Para ver o post anterior desse projeto temático é só clicar aqui.
Beijos!
Thyeme Figueiredo

S E U estilo na decoração

Colagem Uncategorized

set-25

Dia desses eu ouvi um comentário sobre uma “regra” de decoração de alguém que claramente não sabia o que estava falando. Talvez tenha lido pela internet ou em uma revista e além de ter entendido errado, aplicou a possível “dica” como verdade absoluta. Esse tipo de coisa me preocupa enquanto profissional porque eu acredito ser indiscutivelmente importante que exista estilo próprio dentro das residências. Com ~estilo próprio~ quero dizer uma casa adequada para as necessidades e personalidade de quem vive nela.

Eu conheço muitas pessoas criativas, que conseguem compor um ambiente sem ter estudado nada de design de interiores, deixando tudo com a sua própria “cara”. Mas existem pessoas que não conseguem e erram porque sabem disso e então tentam copiar o que as capas de revista estão apresentando. Às vezes, dá certo, combina. Na maioria das vezes, não.

Minha opinião é que não há problema em copiar algumas ideias de projetos legais, desde que você não tenha medo de misturar sua personalidade, seu gosto, seus hobbies, seus hábitos a isso. Pode ser que não fique perfeito como na capa da sua revista preferida, só que a sua casa não está sendo produzida para sair na revista, está? Pelo menos você vai sentir que ela é realmente SUA. Não precisa nem ir longe e tentar criar coisas mirabolantes, é simplesmente colocar uma rede na sala ao invés de uma poltrona se o que você gosta é sentar/deitar na rede na sala ¯_(ツ)_/¯. O segredo é adaptar.

set2

Mas esse post foi criado mesmo para comentar a colagem! Que surgiu da paleta de cores champanhe/bege + preto + dourado. Usei o tom champanhe na parede, o preto na borda da cabeceira e ao invés de usar o dourado propriamente dito, preferi colocá-lo em detalhes nas almofadas e no abajur. Doses de cor do espaço ficaram por conta da mesa lateral amarela, das almofadas em rosa salmão e do pôster azul escuro.

Tudo ao som de fluorescent adolescent, do arctic monkeys.
Um beijo e até o próximo!

Thyeme Figueiredo