viagem-milao-italia-2017

Diário de viagem: Milão

Viagem

No final de Maio e começo de Junho desse ano eu fiz uma viagem incrível para o país em forma de bota – Itália – e agora, pouco mais de um mês depois, após me beliscar um pouquinho pra acreditar que a viagem aconteceu e que foi ótima do jeito que foi, aqui estou escrevendo o que será uma série de posts com todos os detalhes que eu puder dar e muitas, mas muitas fotos. Eu decidi separar os posts de acordo com cada lugar por onde eu passei, seguindo o cronograma que eu fiz. Então temos: Milão, Lago Como, Veneza, Florença e Cinqueterre. Espero que vocês possam sentir um pouquinho da mágica que todos esses lugares tiveram pra mim!

Milão

Eu peguei um voo de ida e volta por Milão (com 2 escalas e aqui fica o meu conselho: só faça isso se estiver muito disposto a lidar com o cansaço, porque cansa MUITO MESMO!) e de acordo com o que eu pesquisei e o que as pessoas me falaram sobre essa cidade, eu me programei para ficar por lá apenas de passagem: a noite em que eu cheguei, a noite do dia seguinte e a manhã do terceiro dia. Honestamente, eu voltaria lá e ficaria uns três dias pelo menos. A cidade é ótima para compras (inclusive eu me empolguei um pouco na terranova) e tem alguns pontos turísticos importantíssimos para a história da arte e arquitetura. Milão me lembrou um pouco São Paulo por causa da correria e a gente estava sempre precisando pegar o metrô pra lá e pra cá…mas eu achei que ela tem um charme único que fez valer bastante ter sido incluída no meu roteiro.

Eu cheguei no aeroporto de Malpensa em um Domingo, lá pelas 17:15, com AQUELE jet lag e me sentindo em um universo paralelo, considerando que eu estava viajando desde sábado de manhã (!). Mas eu estava tão animada de estar lá e estava sozinha, então eu juntei toda a minha energia para praticar o meu péssimo inglês pedindo informações sobre como pegar o trem para a estação central de Milão, onde eu encontraria o meu irmão. Na hora de comprar o passe do trem (que foi mais caro do que o trem pra voltar de La Spezia para Milão!) eu encontrei uma moeda de 50 cents no chão e esse foi um dos meus momentos de ser bem boba e supersticiosa porque eu decidi que aquela seria a minha moeda da sorte. Me atrapalhei com a máquina de validar o bilhete e precisei pedir ajuda para duas senhoras Italianas muito prestativas <3 que também iam pegar o mesmo trem. Aliás, a estação de trem é integrada ao aeroporto, então é super fácil de encontrar e se locomover de lá até o centro de Milão e o trem é confortável, não sei se foi pelo horário e pelo dia, mas estava bem vazio.

viagem-milao-italia-2017

Quem me segue no snapchat (thyemef) conseguiu ter uma boa noção do meu espanto deslumbrado assim que eu desci do trem na Stazione di Milano Centrale porque eu fiquei encantada e não foi pouco. O lugar tem um pé-direito muito alto e uma arquitetura muito rica, cheia de esculturas e detalhes. Por alguma razão que eu desconheço, eu tirei poucas fotos lá, mas sério, é linda. Encontrei o meu irmão e depois de deixarmos as coisas no hostel, saímos pra comer pizza (ÓBVIO hahaha).

viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017

Na Segunda-feira nós passamos o dia conhecendo o Lago de Como, que fica a 1 hora de trem mais ou menos partindo de Milão. Quando retornamos, pensamos em tomar um banho e ir aproveitar a noite Milanesa (que parecia de tarde, porque no verão escurece só lá pelas 21:30), mas estávamos muito cansados, então a gente só emendou o caminho até Navigli. Eu tinha expectativas mais altas desse bairro, mas o cansaço era tão grande que talvez por isso eu não tenha conseguido aproveitar tanto, mas pelo menos demos uma voltinha lá. Eu queria muito uma cerveja gelada, então sentamos em um bar/restaurante na beira de um dos canais e acabamos cometendo o erro bizarro de não perguntar o preço antes e pagamos 7 euros por uma long neck que ESTAVA QUENTE. Na Itália, esses estabelecimentos liberam uma mesa com petiscos para se servir à vontade, o que é algo muito legal, mas nesse lugar não valeu à pena.

viagem-milao-italia-2017As olheiras de cansaço lol

viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017

No dia seguinte, a manhã era toda de Milão e foi um dos momentos mais esperados por mim, porque fomos conhecer o Duomo de Milão. Não sei se eu já contei isso aqui no blog, mas em 2011 eu me inscrevi para a politécnica de design em Milão e desde essa época eu tinha o sonho de ver essa Catedral de perto. Eu já saí do metrô de boca aberta porque essa construção é gi-gan-te. Dei umas duas voltas em torno da Catedral inteira e eu queria muito ter subido ao telhado pra poder ver todos os detalhes góticos de perto, mas se a gente fizesse isso – além de que o preço era meio salgado – não ia dar tempo de conhecer outros lugares, no caso, a via Torino, onde eu tive o meu momento experimentando e comprando roupas que eu não pretendia comprar mas estavam com preços ótimos. Então a subida ao telhado fica para uma próxima visita. Logo ao lado da Catedral fica a Galeria Vittorio Emanuele, também com uma arquitetura belíssima e cheia de lojas de grife.

viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017 viagem-milao-italia-2017

Ao meio dia nós pegamos o trem para Veneza e eu continuo contando em um próximo post, logo em breve!

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Veneza - Opinião da designer
    3 Novembro, 2017 at 12:22 am

    […] viagem para a Itália em Maio/Junho de 2017 sobre a maravilhosa Veneza (os primeiros posts foram Milão e o Lago de […]

  • Reply
    Lago de Como - Opinião da designer
    14 Agosto, 2017 at 8:57 pm

    […] posts de acordo com cada lugar por onde eu passei, seguindo o cronograma que eu fiz. Então temos: Milão, Lago Como, Veneza, Florença e Cinqueterre. Espero que vocês possam sentir um pouquinho da […]

  • Responder a Veneza - Opinião da designer Cancel Reply