Browsing Tag

simetria

A simetria

Colagem


decoração-quarto-by-thyeme-figueiredo

Quando criei essa colagem, estava pensando sobre o conceito de simetria. Há algum tempo eu percebi que em praticamente tudo o que eu crio, acabo usando a simetria de uma maneira ~torta~, assimétrica. Gosto muito desse efeito parcialmente espelhado e decidi pesquisar um pouco mais sobre isso:
“…A arquitetura moderna, com base em princípios anti-historicistas, tendeu a deixar a simetria de lado. A Bauhaus foi uma das primeiras escolas a ensinar a usar do equilíbrio dinâmico (obtido obrigatoriamente com a ausência da simetria) ao invés do equilibrío estático clássico.
Na arquitectura contemporânea, ainda que a simetria mantenha o seu lugar de referência, é frequente que os arquitectos, seguindo preceitos estéticos desconstrutivistas, decidam subverter as regras mais comuns na arquitectura tradicional. A simetria e a regularidade das formas é uma dessas regras que vemos constantemente infringidas de forma mais ou menos brilhante. Frank Gehry, por exemplo, no seu Museu Guggenheim de Bilbao, ao contorcer formas cúbicas, criou um espaço onde a simetria aparece mais como referência conceptual do que como uma realidade factual…” (Wikipédia)
Bem, no caso dessa colagem, usei o mesmo criado mudo em ambos os lados da cama e os mesmos travesseiros brancos junto à cabeceira. No restante, variei todos os objetos, tanto na cor quanto no design e na posição em que se encontram. O pôster com moldura azul (da artista Laura Amiss), está disponível para download grátis e em alta resolução! Trata-se de um projeto muito legal chamado “feed your soul”, com várias opções bonitas para baixar. Usei parede de duas cores e um abajur inteiro em tom azul.
Se gostou, não deixe de compartilhar!

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0],p=/^http:/.test(d.location)?’http’:’https’;if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=p+’://platform.twitter.com/widgets.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document, ‘script’, ‘twitter-wjs’);
Beijos!
Thyeme Figueiredo