Browsing Tag

English

Vertical

Colagem

The main element in this collage is the golden metal sheet that looks like a mirror but it’s just decorative. Without it the wall would seem empty and something else would be necessary to balance the composition. I decided to add this element keeping in mind two pictures I had on my pinterest some months ago (pictures below), one with an architectural feature that I think gorgeous – a tear in the wall sealed with glass – and the other with a long thin mirror that occupies a space from floor to ceiling. Both are discrete and simple features, however, it makes the difference in the visual aspect.

Being vertical and narrow, this detail creates an illusion that the ceilling height is longer. And this can be executed in many other ways, like using plants, with a different cover, a painting and so on. But backing to the collage, I choose the metal as the material to create an atmosphere with the lights which, in this case, would be soft and diffuse. Orange, “moss” green and gold it’s a color palette I think vibrant and at the same time it’s sophisticated, so I tried to add these colors in the vase, in the masterpiece above the bed and placing  a cactus on the bedside table.


O elemento de destaque nessa colagem é a placa de metal dourada que parece um espelho mas é apenas decorativa. Sem ela, essa parede passaria uma sensação de vazio e alguma outra coisa precisaria ser acrescentada para equilibrar a composição. Eu decidi acrescentar esse elemento lembrando de duas imagens que eu salvei no pinterest há vários meses (imagens abaixo), uma com um recurso arquitetônico que eu acho maravilhoso – o rasgo na parede vedado com vidro – e outra com um espelho fino e comprido que ocupa espaço do piso ao teto. São dois recursos discretos e simples, porém conseguem fazer a diferença no aspecto visual.

Ser esse detalhe vertical e estreito cria a ilusão de que o pé-direito (altura entre piso e teto) do cômodo é maior. E pode ser executado de várias outras formas como, por exemplo, com plantas, com um revestimento diferente do restante, com uma pintura e assim por diante. Mas voltando para a colagem, eu escolhi que esse elemento fosse de metal para criar uma atmosfera com a iluminação, que nesse caso, ficaria suave porque a reflexão seria difusa. Laranjado, verde “musgo” e dourado é uma paleta de cor que eu acho vibrante e ao mesmo tempo sofisticada, então eu tentei investir nessas cores no vaso, acrescentando um cacto e na obra de arte sobre a cama.

detalhe-vertical-decor

O que vocês acham da ideia?

Beijo e até o próximo!

decor-de-quarto-nude

Decoração de quarto nude

Colagem

Essa colagem é muito especial pra mim porque foi criada enquanto eu gravava um vídeo lá pro meu canal. Você pode ver o passo-a-passo do processo de decoração desse quarto nude AQUI. Dessa vez eu não tinha a menor ideia do que ia fazer e estava até um pouco com medo de perder tempo gravando e no fim das contas não conseguir criar nada legal (às vezes acontece). Mas deu tudo certo e eu achei o resultado tão lindo! Acho que no vídeo dá pra entender bem os meus momentos Eureka quando eu encontrei o abajur utilizado. É sempre desse jeito que acontece e esse é o momento em que a composição começa a se desenvolver melhor. No caso dessa colagem, eu estou completamente apaixonada pelas cores, acho que ficou tudo muito delicado e harmonioso (que saudade do meu antigo quarto!). Depois que eu finalizei o vídeo, ainda acrescentei umas pedras decorativas atrás do criado-mudo, uma moldura para a arte na parede de cabeceira, um travesseiro simples, um relógio pequeno e livros. Se você prestar bastante atenção vai notar que o abajur é dourado e creme(não amarelo), mas com a lâmpada de luz mais amarelada, ele de certa forma muda de cor.

Se você quiser me contar o que mais gostou em um comentário que eu vou adorar saber!

Beijos e até mais!

henri-howard-hotel

Henry Howard hotel

Quartos

henry-howard-hotelhenry-howard-hotelhenry-howard-hotelFotos: KATHLEEN FITZGERALD | KATHLEEN & KOREY | PHOTOGRAPHY & DESIGN

Com camas dossel, instrumentos de sopro de enfeite e o papel de parede customizado com elementos que representam New Orleans, o Henri Howard hotel é uma excelente opção de hospedagem. O que mais me chamou a atenção no design de interiores foi a mistura de elementos contemporâneos e de estilo antigo, aliada à uma paleta de cores clara porém com contrastes. Cada quarto tem detalhes diferentes, proporcionando uma experiência única para cada hóspede.


With canopy beds, decorating brass instruments and the custom wallpaper incorporating New Orleans elements, Henri Howard hotel is an excellent accommodation option. What drew my attention the most in interior design was the mix of contemporary elements and antique style, combined with a clear color palette, however, with contrasts. Each room has different details, providing a unique experience for each guest.

Mais informações sobre hospedagem: 2041 Prytania Street, New Orleans, 70130 | 504-313-1577 | [email protected]

LEIA TAMBÉM: Quirk hotel | Hotel Henriette Paris | Cabeceira metalizada

Beijos e até mais!

natal-rn-brasil

Natal Rio Grande do Norte

Viagem

natal-rn-brasil

O Brasil sempre me surpreende quando se trata de conhecer lugares bonitos e Natal, no Rio Grande do Norte é uma dessas cidades que todo mundo deveria ir visitar um dia. Passei os últimos dias variando entre banho salgado do mar, piscina de hotel e caminhadas na orla para fazer lanches gostosos (hehe), com alguns intervalos para passear nas dunas sobre um quadriciclo e nadar no mar aberto depois de ver golfinhos *-*

Feliz 2016!


Brazil always surprises me when it’s about meeting beautiful places and Natal (RN) it’s one of those cities that everyone should visit someday. I spent the last days ranging from salt bath on the beach to the hotel swimming pool and walks on the waterfront to eat delicious snacks (hehe), with some intervals to walk around in the dunes on a quad bike and swim in the high sea after seeing dolphins *-*

Happy 2016!

natal-rn-brasilnatal-rn-brasilnatal-rn-brasilmoodboard3thyeme-viagem-natalthyeme-viagem-natalnatalnatal-rnthyemevirada do ano 2015

biombo-decor-quarto

Biombo

Colagem

decoracao-de-quarto

Abajur | Biombo | Art 1 | Art 2 | Bedside table | Bird pillow

Os biombos são elementos magníficos quando se trata de dividir ambientes de maneira sutil, mas existem tantos modelos atualmente que eles podem ser usados mesmo quando a intenção é apenas decorativa. No caso dessa colagem usei um biombo imaginando a necessidade de uma área um pouco mais reservada dentro do quarto para trocar de roupa, e que ao mesmo tempo enfeita a área do criado-mudo ao lado da cama. Usei esse modelo que é relativamente simples e fácil de montar em um projeto de DIY e acrescentei alguns adesivos para que ficasse um pouco mais jovial.

Em um quarto de casal, o biombo seria uma ótima ferramenta para criar uma área de leitura ou mesmo uma área para a troca de roupa (existem uns modelos vazados/transparentes que ficam intimistas e sensuais ao mesmo tempo). Eu amei usar essa paleta de cores e senti dificuldade em escolher uma cor para a “parede” ou um papel de parede. Tentei alguns tons escuros que ficaram lindos, mas criaram uma aparência mais séria, o que não era a minha intenção, então acabei optando pelo branco mesmo.

Me conta que cor você escolheria!?


Biombos are gorgeous elements when it comes to dividing spaces in a subtle way, but currently there are so many models that they can be used even when the intention is only decorative. In this collage I used a biombo imagining the need for a little more reserved area inside the room to change clothes, and at the same time it adorns the area of the nightstand beside the bed. I used this model, which is relatively simple and easy to copy on a DIY project and I added some stickers to make it a little more jolly.

In a master bedroom, the biombo would be a great tool to create a reading area or even an area to change clothes (there are some leaked / transparent models that are intimate and sensual at the same time). I loved using this color palette and I had a hard time choosing a color for the “wall” or a wallpaper. I tried some dark shades that were beautiful, but created a darkest look, which was not my intention, so I ended up choosing the usual white.

Tell me what color would you choose !?

decoracao-de-quarto-com-arte

Proposta artística

Colagem

design-de-interiores-by-thyeme

wishlist-design-de-interiores

Comprar: Abajur | Almofada 1 | Almofada 2 | Almofada 3

Passar as últimas semanas estudando arte abriu a minha mente para tantas coisas que eu desconhecia e que ainda não havia observado. Então, enquanto criava essa colagem, decidi usar itens com uma proposta artística, com elementos que lembram alguns dos movimentos. Estou apaixonada pela base desse abajur, que parece metal amassado (*-*) e por essa almofada com desenhos geométricos (acabei descobrindo que ela faz parte de uma marca que produz várias coisas com esse estilo de estampa!). A composição de uma forma geral é bem neutra e as cores que se destacam estão centralizadas nas almofadas.


Spend the last few weeks studying art opened my mind to so many things I didn’t know and I hadn’t observed yet. So while I was creating this collage, I decided to use items with an artistic view, with elements that remind me of some of the movements. I’m in love with the lamp base, which seems crumpled metal (* – *) and this pillow with geometric designs (I discovered that it is part of a brand that produces several things with this print style!). The composition in general is quite neutral and the colors that stand out are centered on the cushions.

Para ver outras colagens clique aqui.

Beijos e até mais!

decoracao-de-quarto

Hábitos

Colagem

“I get home, I got the munchies
Binge on all my twinkies
Throw up in the tub
Then I go to sleep” 

Habits (Tove Lo)

Uma das coisas que mais me encanta no design de interiores é que um bom projeto sempre encontra maneiras de adequar as coisas às nossas necessidades, e não o contrário. Eu percebo que as pessoas erram bastante nesse aspecto, comprando e compondo de forma a ter que mudar alguns hábitos para se encaixar naquilo e aproveitando pouco das opções que funcionariam perfeitamente bem…por falta de autoconhecimento das suas próprias necessidades. O que você costuma fazer diariamente em casa e COMO você faz essas coisas deve ser considerado como prioridade no momento de definir o que comprar, qual será a disposição dos móveis e os materiais que serão utilizados. Andei pensando muito nisso e queria compartilhar essa reflexão.

Beijos!

viagem-caldas-novas

Três anos de blog

Diário

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novasviagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

viagem-caldas-novas

Today are officially three years sharing my opinions with thousands of strangers here on this blog. I felt quite embarrassed at some times during those years because I wasn’t sure if what I was doing was something really cool, that had some use and how people were seeing it. Then I realized that the shame – and a lot of other feelings – is something existing only inside our heads. It doesn’t depends on anyone but ourselves. And I kept going.. And I kept going. with more balanced fear about the challenges that have appeared not only in relation to the blog, but in my personal life.

The cool side of insisting on overcoming difficulties is that they work in life exactly as video game levels. It starts looking very hard, then you face the first hurdle and when it comes the second, you realize that the first wasn’t really that hard. Then you start noticing that the second obstacle only looks difficult now, but it will also seem easy when you arrive in the third level. Can you see what I mean? And the secret is that what is changing is not difficult in itself, but you. You become stronger.

Perhaps I have said before, but I need to repeat that this blog helped me grow in many different ways and this in itself made be worth all the time invested here. So thank you for being a part of it by clicking, saving down the scroll bar, reading, watching, following, commenting! Maybe it isn’t too much for you, but it means the world to me. ♥


Hoje são oficialmente três anos dividindo as minhas opiniões com milhares de estranhos aqui nesse blog. Eu senti bastante vergonha em alguns períodos durante esses anos, porque eu não tinha certeza se o que eu estava fazendo era algo realmente legal, que tinha mesmo alguma utilidade e como as pessoas estavam enxergando tudo isso. Aí eu percebi que a vergonha – assim como uma porção de outros sentimentos – é algo que está somente dentro da nossa cabeça. Não depende de mais ninguém, só de nós mesmos.  E eu continuei. E continuei com um medo mais equilibrado em relação aos desafios que foram aparecendo, não só em relação ao blog, mas na minha vida pessoal.

O legal de insistir em superar dificuldades é que elas funcionam na vida exatamente como as fases de um jogo de videogame. Começa parecendo muito difícil, aí você enfrenta o primeiro obstáculo e quando chega no segundo, percebe que o primeiro na verdade não era tão difícil assim. Então você começa a perceber que o segundo obstáculo só é nível hard agora, mas ele também vai parecer fácil quando chegar na terceira fase. Conseguiu compreender o meu ponto? E o segredo é que o que está mudando não é a dificuldade em si, mas você. Você vai ficando mais forte.

Talvez eu já tenha dito antes, mas preciso de repetir que esse blog me ajudou a crescer de muitas maneiras diferentes, e isso por si só já fez valer a pena todo o tempo investido aqui. Então, obrigada por fazer parte disso clicando, salvando, descendo a barra de rolagem, lendo, assistindo, seguindo, comentando!  Talvez até nem seja muita coisa para você, mas significa o mundo pra mim. ♥

*Fotografias do final de semana passado*

Beijos! XO

silence-side

The silence in between

Colagem

Pôster the sound of silence | Alone in the forest | Dream theory

I created this collage thinking in a different composition to wall’s frames. I think it’s very cool the idea of mix the frames with loose posters and put it all together, with no space between the arts, as if it were a single thing. First, I wanted use a dark grey tone to the wall, but I liked more to use the same headboard color, with a darker tone. The brown lampshade blends well with the green – colors that reminds nature – and it’s a neutral object because doesn’t make too much contrast with the colored posters. I made the bed simplest, but I mixed the pillows pattern with the headboard pattern. This overlap got interesting, doesn’t it? To finish, I really loved the name of the posters I picked…

Criei essa colagem pensando em uma composição diferente para os quadros da parede. Acho muito legal a ideia de misturar as molduras com pôsteres soltos e colocar tudo junto, sem nenhum espaçamento entre uma arte e outra, como se virasse uma coisa só. A princípio eu ia usar um tom de cinza chumbo para a cor da parede, mas acabei gostando mais de usar a mesma cor da cabeceira da cama, embora em um tom mais escuro. O abajur marrom combina muito bem com o verde – são cores que lembram a natureza– além de aparecer como um objeto mais neutro visualmente porque não faz muito contraste com os pôsteres coloridos. Deixei a cama mais simples, porém misturei as estampas da capa dos travesseiros com a cabeceira. Ficou uma sobreposição interessante, não ficou? Por fim, amei o nome dos pôsteres que eu escolhi…

posteres-quarto

Through the crowd I was crying out
And in your place there were a thousand other faces
I was disappearing in plain sight
Heaven help me, I need to make it right

You want a revelation
You wanna get it right
But it’s a conversation
I just can’t have tonight

You want a revelation
Some kind a resolution
You want a revelation

– No light, no light (Florence and the machine)

Beijos e até mais!

Enough

Colagem

Quadro de Natalie Hennekman | Abajur e banco de campanha da Westwing
É tão importante sair da nossa zona de conforto e abrir a mente para novas ideias, experiências, pessoas…a gente passa muito tempo se preocupando com as nossas verdades, nossas coisas, e os dias vão passando tão rápido que de repente já se foi a nossa chance de ser feliz e de fazer feliz quem está caminhando ao nosso lado. Tem que ficar lembrando que não é a quantidade que faz a diferença na nossa vida e sim como a gente a encara. Se é pouco e você é capaz de absorver o melhor desse pouco, então está tudo certo.
It’s so important to get out of our comfort zone and open our mind to new ideas, experiences, people …we spend a lot of time worrying about our truths, our things, and the days go so fast that suddenly has passed our chance to be happy and make happy those who are walking alongside us. We have to keep reminding that’s not the quantity that makes a difference in our lives but how we face it. If is too little and you are able to absorb the best that, then it’s all right.


Thyeme Figueiredo