lago-como-italia

Lago de Como

Viagem

No final de Maio e começo de Junho desse ano eu fiz uma viagem incrível para o país em forma de bota – Itália – e agora, pouco mais de um mês depois, após me beliscar um pouquinho pra acreditar que a viagem aconteceu e que foi ótima do jeito que foi, aqui estou escrevendo o que será uma série de posts com todos os detalhes que eu puder dar e muitas, mas muitas fotos. Eu decidi separar os posts de acordo com cada lugar por onde eu passei, seguindo o cronograma que eu fiz. Então temos: Milão, Lago Como, Veneza, Florença e Cinqueterre. Espero que vocês possam sentir um pouquinho da mágica que todos esses lugares tiveram pra mim!

Lago de Como

Como eu falei no post sobre Milão, o primeiro dia turistando pra valer começou em Como. Eu esqueci como foi que eu descobri sobre esse lugar, porque não é um destino tão popular assim quando se fala em viajar para a Itália (inclusive por lá não encontramos nenhum brasileiro e em todos os outros lugares por onde passamos haviam muuuuitos brasileiros), mas valeu muito a pena ter ido conhecer. É bem fácil de chegar até lá de trem, partindo de Milão e leva uma hora e meia mais ou menos.

Chegamos de trem na cidade chamada Como, na estação mais “distante”, a Como Borghi (o caminho a pé até a beira do lago é curto e muito bonito!). Dentro dessa estação encontramos um local de informações para turista com uma atendente muito gentil que nos explicou tudo com muita calma e nos deu um mapa do lago. Na volta, pegamos o trem saindo da estação Como Nord Lago porque estávamos muito cansados e essa estação fica praticamente na beira do lago.

lago-como-italia

Eu fiquei encantada com esse lugar desde o primeiro segundo saindo da estação, porque tivemos que descer uma escadaria em um espaço todo arborizado e tudo era tão limpo e charmoso…

lago-como-italia

E chegando na beira do lago a vista era toda espetacular. Tem vários restaurantes, uma praça e uma orla muito bem estruturada.

lago-como-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italia lago-como-italia lago-como-italia lago-como-italialago-como-italia lago-como-italia lago-como-italiaParamos em um pequeno píer onde ficava o ponto de venda de ingresso para os barcos que fazem o percurso até as outras cidades que rodeiam o Lago de Como. Tem um barco em que você pode ir descendo em todas as cidades e outro que segue direto até Bellagio, uma das cidades mais distante (e essa foi a nossa escolha). O valor do ingresso ida e volta por pessoa foi 30 Euros nesse barco que segue direto e o trajeto dura cerca de uma hora. Não gostei muito do barco porque era todo fechado e a vista é linda demais pra ser apreciada pelos vidros das janelas que não podiam ser abertas. Aproveitamos o tempo de espera do barco para passear pela orla (fotos acima).

Voltando de Bellagio, subimos no funicular de Como (é tipo um trem que transporta as pessoas até o ponto mais alto da cidade). Não lembro exatamente o valor, mas acho que o ingresso custou em torno de 7 Euros. A vista da cidade lá do alto me lembrou bastante o nosso Rio de Janeiro. E eu achei bonito lá em cima, mas não tanto. O que eu gostei de verdade foi voltar no funicular no “vagão” da frente, que tem um vidro que permite ir vendo o Lago de Como se aproximando durante toda a descida. Acho que eu nunca vou esquecer aquele azul…

lago-como-italialago-como-italialago-como-italia

Bellagio

Em Bellagio eu quero voltar e ficar hospedada. É uma cidade que parece bem pequena, tem a orla que é apaixonante com todas aquelas montanhas azuis em volta e umas ruazinhas de pedra cheias de subidas e descidas com lojas e restaurantes. No fim da orla encontramos uma área em que os moradores locais estavam nadando no lago e eu só não me juntei a eles porque não levei toalha e não encontrei nenhum lugar vendendo (!), mas se você estiver pensando em ir, não perca a oportunidade.

bellagio-italiabellagio-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italialago-como-italia lago-como-italialago-como-italia lago-como-italia lago-como-italialago-como-italialago-como-italia

Andando aleatoriamente pelas ruas da cidade, encontrei uma papelaria com umas coisas muito fofas! Quase não comprei nada porque imaginei que poderia encontrar as mesmas coisas nas outras cidades e como esse era o primeiro dia, preferi não gastar logo tudo lá (haha) mas foi um erro porque depois eu descobri que era praticamente exclusividade de Bellagio :(

Almocei lá e como não estava com muita fome, resolvi comprar uma pizza cortada em cubos em um carro de lanches de rua e comi sentada no parapeito da orla. Não me arrependo. Mas os restaurantes por lá tinham vários preços acessíveis (na verdade por todos os lugares que a gente passou na Itália, comer não foi um problema com relação a preço). Queria muito ficar hospedada lá pra ter a vista noturna, eu imagino que deve ser incrível.

lago-como-italiaVista de dentro do barco no percurso para Bellagio

O próximo post dessa série será sobre Veneza <3 e eu mal posso esperar pra escrever…

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Diário de viagem: Milão - Opinião da designer
    14 Agosto, 2017 at 8:59 pm

    […] acordo com cada lugar por onde eu passei, seguindo o cronograma que eu fiz. Então temos: Milão, Lago Como, Veneza, Florença e Cinqueterre. Espero que vocês possam sentir um pouquinho da mágica que todos […]

  • Responder a Diário de viagem: Milão - Opinião da designer Cancel Reply