Eu não tenho nada para o meu portfólio!

Arte

Há alguns meses eu estava me comparando com outras pessoas, olhando para o trabalho delas e pensando que “ai meu deos, eu não tenho nada para o meu portfólio!“. Eu até deletei a galeria de imagens que até então eu chamava de portfólio, tamanha foi a vergonha que eu estava sentindo.

estudo-do-girassol-van-gogh-aquarela
Esse foi um estudo feito em Maio de 2020, para criar uma ilustração em tamanho A2 que misturasse aquarela com bordado
Aquarela-van-goh-sunflower
Eu postei essa aquarela (que eu amei fazer, meu cliente também amou o resultado) em todas as minhas redes sociais, mas não tinha pensado nela como um trabalho para o meu portfólio e agora acho que é um trabalho incrível. Deu pra reparar no bordado com as cores da bandeira LGBT? Tinha absolutamente tudo a ver com a encomenda.

Compare-se com você mesmo

Precisei de esforço para ignorar esse péssimo hábito de me comparar com outros, e resolvi que eu ia medir o meu progresso baseada apenas em mim mesma. Desde então eu comecei a tentar melhorar em tudo o que eu acho importante para o o meu trabalho. No início, foi meio confuso porque eu faço e quero melhorar em muitas coisas. Mas fiz uma lista para organizar os meus pensamentos, objetivos e as habilidades que eu já tinha (para minha surpresa, eram mais habilidades do que eu imaginava).

Esse foi o quarto planner que eu desenhei inteiramente DO ZERO! Acho que eu fico querendo ser modesta dentro da minha própria mente e não pensei que esse não é um trabalho insignificante, necessitou de pesquisa, várias etapas de criação e várias decisões artísticas. Então, vamos lá, mais um para o portfólio 😀
Esse é o produto finalizado. Vendi na Diário Estranho e agora ele está esgotado. A aquarela de capa é de minha autoria, assim como todo o projeto de editoração e toda a encadernação feita à mão por mim.

Mesmo após tudo isso, só há alguns minutos (de verdade) eu me dei conta de que eu tenho muitas coisas legais para incluir no meu portfólio, e eu simplesmente não estava conseguindo enxergar isso!

Esse clique me ocorreu enquanto eu olhava o portfólio de uma ilustradora que eu gosto. Eu estava olhando simplesmente por admirar o trabalho dela (e por achar o layout do portfólio dela super bonito), e então notei que eu mesma tenho vários trabalhos parecidos, a maioria trabalhos que eu fui paga para fazer, e acho que por esse motivo, acabei ignorando que eu dei duro na parte artística deles e não entendi que eles poderiam ser incluídos no meu portfólio.

Eu criei um padrão!
Eu criei um padrão e ele virou a capa de um Sketchbook!

Quando eu entrei na universidade para o curso de Artes Visuais, precisei de apresentar um portfólio, que na época me deixou várias noites insone. Só de lembrar dos trabalhos que eu apresentei lá em 2015, consigo perceber o quanto eu evoluí até aqui e acho que essa evolução é muito legal por si só.

Me siga no instagram!

Falta esforço?

Às vezes eu sinto que falta esforço da minha parte, que se eu me esforçasse mais, essa evolução seria mais rápida e mais notável ainda. É nisso que eu estou trabalhando agora, porém, estou bem feliz de perceber que, mesmo no meu ritmo lento e desfocado, meu trabalho se desenvolveu bem.

Uma aquarela minha de 2016

Isso é muito importante pra mim, especialmente considerando o último mês, quando eu precisei lidar com uma pessoa que nem era minha chefe, nem estava me pagando, mas ficou o tempo inteiro me tratando como se eu fosse incompetente e incapaz (porque essa pessoa no fundo achava que faria o tal trabalho melhor que eu? Acho que nunca vamos saber com certeza, já que eu concluí o trabalho com sucesso <3).

Não seja arrogante!

Eu sempre acabo duvidando de mim mesma, e ser você mesmo o seu pior crítico é inadmissível! Mas tenho pavor de me tornar uma pessoa arrogante como a que eu citei acima. Encontrar o equilíbrio entre se achar a última coca-cola do deserto e se achar um completo fracasso, é o que eu acredito que deva ser buscado. Por isso esse post, para que essa minha pequena e boba experiência possa ser de alguma inspiração e ajudar a melhorar a perspectiva que você tem sobre si.

Beijos e até o próximo! T

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply