pixeledition43

Edição de Dezembro

Uncategorized

blog-pixel-edition

“De uma forma mais simples, um pixel é o menor ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de milhares de pixels formam a imagem inteira.”

Sempre que eu penso no Universo como
o espaço infinito que ele é e me dou conta do quanto eu sou apenas um ponto
insignificante eu me sinto mais humilde. Mas se isso começa a me deixar triste,
eu tento me lembrar de todas as coisas que, individualmente, também são
insignificantes na minha vida, mas que fazem toda a diferença quando a gente
olha para a “imagem inteira”. O “bom dia” animado que o porteiro me dá sempre
que eu vou levar o meu cachorro para passear pela manhã, por mais sem
importância que possa ser, contribui com o meu bom humor durante o dia. É o teto
que eu tenho pra morar, a comida que nunca falta, os amigos – que por poucos que
sejam – sempre estão aqui e ali me querendo por perto. Você não precisa acordar
todos os dias comparando a sua vida com a vida de quem é menos afortunado do que
você, mas deveria estar sempre pensando que poderia ser muito pior (porque
poderia mesmo) e aprender a apreciar o que você possui agora. Não é ser uma
pessoa pessimista, calma! É que quando você entende que não existe perfeição,
que sempre vai haver um lado ruim e que o conjunto é um grupo de elementos, é
mais fácil de gostar do que aparentemente agora não é assim tão bom. Isso também
ajuda a lidar com os problemas (que vão começar a parecer um pouco menores).
Tudo o que eu tenho/sou agora é
resultado de uma série de coisas e acontecimentos pequenos. Eu quero mais, porém
estou bem com isso. Ótimo. A questão é que mesmo quando eu dominar o planeta, em
relação ao Universo eu ainda vou ser nada. E se for outra pessoa dominando o
planeta, tanto faz, porque em relação ao Universo ela ainda será apenas um
ponto. Depende do contexto, portanto nunca é absoluto. Então eu não tenho
motivos para sentir inveja de ninguém e me sentir infeliz por não estar em outro
lugar que não seja onde estou. Motivos para tratar uma pessoa melhor do que eu
trato outra. O que eu faço é tentar usar todas as ferramentas que eu tenho (e
isso inclui o meu conhecimento) para tentar acrescentar algo de bom na
Sociedade – essa reunião de bilhões de pontinhos “insignificantes”.
Por isso eu continuo acrescentando
conteúdo nesse blog.
O Opinião da designer é um meio de
comunicação onde as pessoas podem aprender mais sobre design de interiores, como
organizar e colorir as coisas para se sentir mais confortáveis dentro de casa.
Mas não apenas isso. Podem se conectar com os meus pensamentos, as minhas
experiências e descobrir algo de interessante para si próprios nisso. Pelo menos
é esse o meu objetivo. Daí que eu decidi criar uma edição especial de final de
ano, chamada de “pixel edition”, para trazer esse conceito de ~elementos
pequenos que fazem a diferença em um conjunto~
de forma mais intensa para os
posts. Eu pensei em tudo o que eu poderia compartilhar de útil e legal e em como
eu poderia melhorar a forma de apresentar isso. Espere todo o meu amor em forma
de palavras e fotografias e se no final quiser me doar o seu feedback, apenas
faça!

ACOMPANHE  ♦
Beijos e até o próximo post!
Thyeme Figueiredo

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    I.
    1 Dezembro, 2014 at 7:35 pm

    Que lindeza de post.
    Melhorou meu dia dez milhões de vezes (ou pixels).
    Continue, continue, continue, T :)
    Um beijo!

    • Reply
      thyeme
      2 Dezembro, 2014 at 1:05 am

      Obrigada, obrigada e obrigada! Isa <3
      Seus comentários sempre são os melhores *—*

    Leave a Reply