História do criado-mudo

Como surgiu o criado-mudo?

Algumas notas sobre

“Nightstand”, “night table”, “bedside table” ou ‘”bed table”. Ou traduzindo: a mesa de cabeceira, termo em que o criado-mudo é conhecido fora do Brasil. Aparentemente, o criado-mudo surgiu com uma função completamente diferente da que possui hoje em dia. Quando os nossos antepassados europeus sentiam necessidades fisiológicas no meio da noite, eles utilizavam um penico.

Os lords e Ladys mais modestos e de bom gosto dessa época, começaram a desejar uma forma de esconder esses recipientes que eram tão necessários e assim surgiram as primeiras mesas de cabeceira, que eram mais armário do que mesa, com portas sólidas para que se mantivessem bem fechados. O primeiro nome conhecido dado a esse item foi mesa de cabeceira, em 1892. Dito isso, tornou-se prático ter escovas, perfumes e candelabros ao lado da cama, na mesa de cabeceira dos tempos elizabetanos aos vitorianos e chegando nos nossos dias. E em cada uma dessas fases, a mesa de cabeceira refletiu o design vigente de sua respectiva época.

Mesmo com a necessidade de usar penicos e escondê-los tendo sido extinta, a mesa de cabeceira permaneceu sendo utilizada e apesar de não ter mais uma função TÃO necessária quanto antigamente, ela continua sendo um ítem indispensável para a maioria das pessoas e não apenas por decoração. Quem costuma ler antes de dormir sabe bem o quanto é válido ter um abajur ou uma luminária logo ao lado da cama e também ter um espaço para colocar o livro em cima, sem precisar levantar. Sem falar nas mesinhas que tem gavetas, que muitas vezes é onde colocamos alguns dos nossos “segredos”.

Tá, mas de onde surgiu o termo “criado-mudo”?

O nome vem da nossa herança escravocrata e denominava o escravo que passava a noite tomando conta do menino de engenho ou do filho do rico explorador de café. Ali, sentado ao lado da cama e pronto com um copo d’água numa mão, para um soluço inesperado, e um lenço de cambraia na outra, para um espirro alérgico ou uma tosse tuberculosa. A mesa de cabeceira serve como auxiliador, portando objetos os quais não se pretende carregar. Tal função também era cumprida por mordomos e criados entre pessoas ricas. Por ser um objeto inanimado e ter utilidade prática equivalente à de um mordomo, passou a ser chamado de criado-mudo.

         criado mudo tradicional abertocriado-mudo tradicional

(Fontes: Nightstand, American history, Bedside cabinets, Bedroom furniture, Wiki criado-mudo, história criado-mudo)

A nossa seção “Recicle” dessa semana, vai na verdade ser uma série de imagens com ideias de criado-mudo desde os tradicionais até os mais alternativos.  Portanto, use a imaginação e transforme!

Seguem as imagens abaixo:

amb14-casa cor

amb19-casa cor

criado mudo na marcenaria

criado mudo na marcenaria2

criado mudo prateleira

 criado mudo redondo criado mudo tradicional banquinho como criado-mudo

                cadeira como criado mudo cadeira como criado mudo chão como criado mudo

criado mudo

       criado-mudo-caixoteescada como criado mudo         mala como criado mudo 2 pufe como criado mudo

mala como criado mudo

   livros como criado mudo tambor como criado mudo

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply